Alexandre Loureiro/Divulgação
Alexandre Loureiro/Divulgação

Flamengo ganha de virada e acaba com jejum de vitórias no Brasileirão

Thiago Neves marca aos 43 minutos do 2.º tempo e garante a vitória do time carioca por 2 a 1

Bruno Lousada, Agência Estado

24 de setembro de 2011 | 20h30

RIO - Foi suado e sofrido, mas o Flamengo acabou com a sequência de 10 jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. Mesmo sem o astro Ronaldinho Gaúcho, suspenso, o time se superou na noite deste sábado e ganhou de virada do lanterna América-MG, por 2 a 1, no Engenhão. E o gol decisivo saiu já aos 43 minutos do segundo tempo, com Thiago Neves.

Com a vitória, a Flamengo chegou aos 41 pontos, ainda na sexta posição, e afastou a crise que rondava a Gávea. O América-MG, por sua vez, segue cada vez mais perto do rebaixamento: com apenas 19 pontos, está na lanterna do campeonato.

JOGO 

O lanterna América-MG poderia ter ido para o vestiário, no intervalo do jogo deste sábado, com um placar mais elástico. Jogou melhor do que o Flamengo, que foi um time completamente apático, sem criatividade e que praticamente não entrou em campo nos 45 minutos iniciais.

Mais organizado taticamente, o time mineiro largou na frente, num pênalti convertido pelo atacante Kempes aos 29 minutos. E ainda obrigou o goleiro Felipe a fazer duas defesas difíceis, além de perder um gol inacreditável - antes de abrir o placar no Engenhão, Kempes recebeu lançamento, ganhou do marcador, driblou o goleiro e, acredite se quiser, chutou para fora.

Assim que o árbitro encerrou o primeiro tempo, a torcida flamenguista vaiou a equipe e exigiu raça. Pressionado, o Flamengo voltou com três mudanças para a etapa final: o técnico Vanderlei Luxemburgo tirou Maldonado, Botinelli e Jael para colocar Diego Maurício, Thomaz e Deivid.

O time carioca, ao menos, mudou de postura. Tornou-se mais ofensivo, buscou mais a vitória. Aí, aos 16 minutos, o lateral Leonardo Moura fez grande jogada, cruzou e Deivid, de cabeça, empatou o jogo. A torcida, então, passou a sonhar com a virada. E ela veio. Depois de duas belas defesas do goleiro Neneca, a bola sobrou para Thiago Neves cabecear aos 43 minutos e acabar com o jejum flamenguista.

FLAMENGO 2 X 1 AMÉRICA-MG

FLAMENGO - Felipe; Léo Moura, Welinton, David e Junior Cesar; Airton, Maldonado (Diego Maurício), Renato, Bottinelli (Thomaz) e Thiago Neves; Jael (Deivid). Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

AMÉRICA-MG - Neneca; Micão, Anderson e Otávio; Sheslon (Glauber), Leandro Ferreira, Amaral, Luciano (Rodriguinho) e Gilson; Kempes (Irênio) e André Dias. Técnico - Givanildo Oliveira.

Gols - Kempes (pênalti), aos 29 minutos do primeiro tempo; Deivid, aos 16, e Thiago Neves, aos 43 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Guilherme Cereta de Lima.

Cartão amarelo - Leonardo Moura e Otávio.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Engenhão, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.