Flamengo ganha e mantém as chances

O Flamengo manteve as chances de conquistar a Taça Rio ao derrotar a Portuguesa por 1 a 0, nesta quinta-feira à tarde, no estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. O Rubro-Negro deve a vitória à atuação do meia Felipe, ausente das últimas partidas por contusão. Embora tenha perdido um pênalti, ele deu um passe perfeito para Jônatas marcar o único gol do jogo, no final do segundo tempo.O Flamengo agora soma 5 pontos no grupo B e está atrás de Friburguense, com 10, e Fluminense, que tem 7. Por outro lado, o resultado deixou a Portuguesa sob séria ameaça de rebaixamento.Ficou mais uma vez claro como a equipe rubro-negra é dependente de Felipe. Todos os ataques do Flamengo tinham de passar pelos pés do habilidoso jogador. Na maioria dos lances, ele levou vantagem sobre os marcadores. Felipe deu pelo menos três chutes perigosos, defendidos pelo goleiro Éverton. O estado ruim do gramado prejudicou o Flamengo, mais afeito ao toque de bola que o adversário. Isto, no entanto, não pode servir de desculpas para o desempenho fraco do time dirigido por Abel Braga.No primeiro tempo, a Portuguesa esteve por marcar aos 20 minutos, num pênalti cometido por Fabiano Eller, que derrubou Allan. O zagueiro Marcelão cobrou mal e Diego defendeu. No início da etapa final, foi a vez de Sandro deter com falta Felipe dentro da área. O meia do Flamengo também não foi feliz na cobrança do pênalti: a bola acabou nas mãos de Éverton.Nos últimos 10 minutos da partida, houve várias oportunidades para os dois times. A Portuguesa desperdiçou o gol de empate em três finalizações seguidas. Na resposta do Flamengo, Rafael Gaúcho deu uma bicicleta, também interceptada por Éverton.

Agencia Estado,

11 de março de 2004 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.