Flamengo goleia Coritiba no Maracanã e volta ao G-4

O Flamengo goleou o Coritiba por 5 a 0 no Maracanã, nesta quinta-feira, pela 31ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o time carioca passou a ocupar o quarto lugar no Campeonato Brasileiro, com 55 pontos, e se manteve na briga pelo título. O time paranaense é o oitavo colocado, com 46.Em uma partida inspirada, o atacante Obina começou o show à parte aos 20 minutos, quando apostou numa bola quase perdida e sofreu pênalti, cobrado por Leonardo Moura. O lateral abriu o placar ao aproveitar o rebote do goleiro Vanderlei na cobrança. Pouco depois, num contra-ataque, Kleberson deixou Obina de frente para o gol e não decepcionou: chutou forte, sem defesa.No segundo tempo, Ibson ampliou, depois de boa tabela com Maxi. Num outro contra-ataque, Obina driblou dois adversários e cruzou na medida para Maxi fazer 4 a 0. O público, em êxtase, entoava o cântico de louvor a Obina, o de que ele é melhor que Eto''o. O atacante agradecia e não se cansava de correr e disputar todas as jogadas. Foi assim que surgiu, já nos acréscimos, outro pênalti. Obina tabelou com Ibson dentro da área e o meia foi derrubado.Os flamenguistas pediram em coro que o goleiro Bruno cobrasse o pênalti. Foram atendidos e, com estilo e um toque sutil, o goleiro do Flamengo enganou seu colega do Coritiba. Para os visitantes, a vinda ao Maracanã não poderia ter sido mais desastrosa - sofreram o pior resultado na competição. Já os jogadores do Flamengo voltaram para casa ainda com a esperança de ver o time campeão. Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o Vitória, em Salvador, na quarta-feira, enquanto o Coritiba receberá o Atlético Mineiro, no Estádio Couto Pereira. Ficha técnica:Flamengo 5 x 0 CoritibaFlamengo - Bruno; Jailton, Ronaldo Angelim e Airton; Leonardo Moura, Toró, Ibson, Kleberson (Fierro) e Luizinho (Fernando); Marcelinho Paraíba (Maxi) e Obina. Técnico: Caio Júnior.Coritiba - Vanderlei; Marcos Tamandaré (Marlos), Mauricio, Felipe e Ricardinho; Rodrigo Mancha, Leandro Donizete (Thiago Silvy), Alê e Carlinhos Paraíba (Jailson); João Henrique e Keirrison. Técnico: Dorival Júnior.Gols - Leonardo Moura (pênalti), aos 21, e Obina, aos 35 minutos do primeiro tempo. Ibson, aos 32, Maxi, aos 34, e Bruno (pênalti), aos 47 minutos do segundo tempo.Cartões amarelos - João Henrique e Rodrigo Mancha (Coritiba).Árbitro - Carlos Eugenio Simon (Fifa-RS).Renda - R$ 511.963,00.Público - 28.648 pagantes.Local - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.