Flamengo joga pela Libertadores contra o Bolognesi

Tumultuado pela saída do técnico Joel Santana, clube busca vitória para terminar na liderança do grupo

Bruno Lousada, O Estado de S. Paulo

22 de abril de 2008 | 19h22

Em ritmo de despedida, Joel Santana comanda nesta quarta-feira o Flamengo contra o Coronel Bolognesi, do Peru, às 19h30, no Maracanã, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. O técnico, que se apresenta à seleção da África do Sul após a decisão do Campeonato Carioca, quer deixar a Gávea num clima de euforia: com o time campeão estadual e em boa situação no torneio sul-americano. Veja também Classificação Calendário e resultados Por isso, voltou a se reunir nesta terça-feira com os jogadores na Granja Comary, concentração da CBF em Teresópolis, na região serrana do Rio, onde o Flamengo treina para a decisão do Carioca. Na conversa, que durou 30 minutos, Joel lembrou que o jogo desta quarta vale a primeira colocação geral - o que significa a vantagem de decidir em casa os duelos de mata-mata até a final do torneio sul-americano. Sem meias palavras, Joel já avisou: quer evitar confronto nas oitavas-de-final com o América d FlamengoBruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Cristian, Kleberson, Jaílton e Toró; Souza e MarcinhoTécnico: Joel SantanaCoronel BolognesiPenny; Farfán, Balbín, Ostersen e Cortés; Uribe, Novoa, Linares e Ramírez; Gonzáles e BarriosTécnico: Juan ReynosoÁrbitro: Iván Gamboa (BOL)Estádio: MaracanãHorário: 19h30o México, time de pior campanha até o momento entre os classificados para a próxima etapa. "O ideal é que a gente escape disso. A viagem é bastante desgastante. Vamos observar todas as possibilidades para tentar pegar um time não tão distante", disse, sem qualquer constrangimento. Chamado de "rei da prancheta" pela mídia internacional, Joel é querido pelo grupo, que ficou triste com a saída do treinador. "Ele é nosso paizão", declarou o volante Toró. Para o jogo contra os peruanos, o técnico perdeu nesta terça o volante Ibson, vetado com dores na coxa esquerda. Ele vai ser poupado para a primeira partida da final do Carioca, domingo, contra o Botafogo. Jaílton entra no meio-de-campo.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.