Divulgação
Divulgação

Flamengo lança nova camisa com campanha de divulgação pelo mundo

Lançamento, intitulado 'Do Rio para o Mundo', traz detalhes de viagem de torcedor à Europa

O Estado de S. Paulo

14 de maio de 2014 | 14h02

SÃO PAULO - O Flamengo lançou nesta quarta-feira a nova camisa para o restante da temporada 2014. A ação de marketing em torno do lançamento, intitulado "Do Rio para o Mundo", traz detalhes de uma viagem feita por um torcedor, que percorreu algumas cidades da Europa divulgando o novo modelo.

Na viagem, a camisa rubro-negra foi apresentada para jogadores europeus, como o italiano Montolivo, do Milan, e o alemão Schweinsteiger, do Bayern de Munique.

A nova camisa tem algumas mudanças em relação ao modelo antigo. Em vez de seis listras na parte da frente, o modelo atual traz apenas quatro. Além disso, a cor preta é predominante, com detalhes nas mangas e entre as partes da frente e de trás. Há também uma gola polo e botões no lugar do modelo em "V".

O preço na pré-venda é de R$ 219,90. A nova camisa pode ser adquirida no site oficial da Adidas, que coloca à disposição do torcedor um modelo feminino. A camisa para as mulheres sai por R$ 179,90.

ALEMANHA

O uniforme reserva da seleção alemã foi inspirada na camisa do Flamengo. O modelo, que pode ser usado na Copa do MUndo, também traz listras grossas na perte frontal, além de muitos detalhes pretos. O modelo foi usado pela primeira vez no amistoso contra o Chile, no dia 5 de março. A Alemanha venceu por 1 a 0.

"As listras vermelhas e pretas horizontais são uma referência ao popular clube Flamengo, do Rio de Janeiro, para trazer sorte na Copa do Mundo de 2014. No espírito do Brasil, com estilo. Sua camisa para o Rio!", diz o texto publicado no lançamento ocorrido em fevereiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengocamisaAdidas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.