Márcio Mercadante/Estadão
Márcio Mercadante/Estadão

Flamengo nega participação na ação do volante Elias contra o Sporting

Jogador tenta rescindir seu contrato com o time português alegando falta de pagamento

Agência Estado

21 de fevereiro de 2014 | 10h24

RIO - A diretoria do Flamengo divulgou um comunicado no site oficial do clube em que nega ter qualquer participação na ação do meia Elias e do seu pai e empresário, Eliseu Trindade, contra o Sporting Lisboa, atual clube do jogador. No início da semana, Elias e seu pai comunicaram que retomarão uma ação na Fifa para que o meio-campista se desvincule do clube português em razão de dívidas.

"Toda e qualquer ação envolvendo o jogador e seu clube passou a ser de exclusiva responsabilidade dos dois, não tendo mais o Flamengo nenhuma participação, direita ou indireta, no processo. Com o encerramento das negociações, fica nosso maior agradecimento ao Elias pela sua dedicação, amizade e profissionalismo durante todo o período em que defendeu as cores rubro-negras", afirma o Flamengo, em nota assinada pelo seu conselho gestor.

De acordo com o Flamengo, o clube encerrou as negociações para contratar Elias em razão dos pedidos feitos pela direção do Sporting. "Após o insucesso nas diversas tentativas feitas com o clube português para se conseguir uma negociação consensual, o Flamengo informou, tanto ao Sporting quanto ao representante do atleta, que não teria mais como prosseguir as negociações devido à grande diferença entre o proposto pelo Flamengo e o desejado pelo Sporting", explica o clube.

O Flamengo também garante que pagou o valor do empréstimo de Elias ao time português. "Durante o período de negociação o Flamengo efetuou o pagamento dos 500 mil euros devidos pelo empréstimo do atleta, atendendo completamente ao disposto em contrato", diz o conselho gestor.

Destaque do Flamengo em 2013, temporada em que defendeu o clube por empréstimo, Elias foi campeão da Copa do Brasil no ano passado. A direção tinha o interesse em mantê-lo, mas fracassou nas negociações com o Sporting Lisboa para contratá-lo. Por sua vez, o jogador está em rota de colisão com o clube, reclama de dívidas e tentará se desvincular em ação na Fifa. O time da Gávea, porém, garante não ter envolvimento no conflito entre o time português e o meia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.