Flamengo: Nelsinho pede demissão

Menos de 24 horas depois da derrota para o Fortaleza em pleno Maracanã e com a permanência na 14ª colocação no Campeonato Brasileiro, o técnico Nelsinho Baptista decidiu entregar o cargo à diretoria do Flamengo, na manhã desta quinta-feira. O treinador chegou pela manhã à Gávea e comunicou a decisão aos dirigentes. Nelsinho alegou problemas particulares, mas a saída tem relação direta com a má campanha do time. ?Não era a campanha que eu gostaria de ter feito, mas é a hora de deixar o clube?, disse ele, segundo sua assessoria de imprensa.Nelsinho assumiu o Flamengo no final de março, logo após conquistar o campeonato goiano, com a equipe do Goiás. No Brasileiro comandou o Rubro-negro em 19 partidas. Foram seis vitórias, seis empates e sete derrotas. Durante este período, Nelsinho levou o Flamengo à final da Copa do Brasil, quando perdeu para o Cruzeiro. No total, Nelsinho conseguiu 12 vitórias, 9 derrotas e sete empates em pouco mais de três no clube.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 11h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.