Flamengo oficializa parceria com o CFZ

O Flamengo oficializou nesta segunda-feira uma parceria com o CFZ, time de Zico, em acordo que cria uma espécie de Flamengo B. A partir de agora, os jogadores não aproveitados e juniores da Gávea serão emprestados para o clube da segunda divisão do Campeonato Carioca.

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 14h54

Em compensação, o Flamengo poderá adquirir jogadores e utilizar a estrutura do CFZ. A parceria terá duração até o término do mandato da presidente Patricia Amorim e pode ser renovado após o período.

Presente na cerimônia que definiu a parceria, Zico festejou o acordo. "O CFZ será a ponte que pode ajudar na revelação de jogadores. Esta parceria contará com minha participação efetiva na observação dos jogos, e o Flamengo terá a segurança que não estará fazendo uma união somente com o CFZ, mas com uma pessoa que estará sempre olhando pelo clube", garantiu Zico.

Para Patricia Amorim, foi emocionante poder trazer Zico de volta ao Flamengo. "Para mim, é um grande orgulho trazer o Zico para a casa dele. Temos a preocupação de formar grandes jogadores, grande dirigentes e pessoas melhores. E o Zico representa tudo isso", afirmou a presidente. "Não sou nervosa, mas ele (Zico) me deixa sem ar. Estou até com dificuldade de conjugar verbos e usar as palavras".

Embora a parceria tenha sido oficializada apenas nesta segunda-feira, o Flamengo já havia emprestado o goleiro Marcelo Valverde, o volante Tales e os apoiadores Welinton Peca e Jomar em fevereiro. E no início de março, o CFZ cedeu o meia-esquerda Carlyle por quatro anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.