Flamengo oficializa retorno do atacante Emerson

O Flamengo finalmente confirmou na noite desta terça-feira a contratação do atacante Emerson Sheik. O jogador já havia até treinado com seus novos companheiros pela manhã, mas, somente após resolver as últimas pendências durante a tarde, assinou contrato e foi anunciado de forma oficial pelo clube.

Estadão Conteúdo

16 de junho de 2015 | 20h01

Emerson volta à Gávea depois de seis anos. Ele estava no Corinthians desde o início de 2015, mas não entrou em acordo com a diretoria do clube paulista para renovar. Assim, ficou livre para assinar até o fim da temporada com o time rubro-negro, pelo qual será oficialmente apresentado nesta quarta-feira, às 11h30.

O atacante poderá reestrear com a camisa do Flamengo já na próxima rodada do Brasileirão, se for inscrito na CBF até sexta-feira. Caso seja regularizado a tempo, poderá enfrentar o Atlético Mineiro no sábado, no Maracanã.

No time carioca, o jogador de 36 anos tentará repetir o bom rendimento que exibiu na equipe em 2009, quando ajudou o Flamengo a levantar os troféus da Taça Rio (segundo turno do Estadual), do Campeonato Carioca e do Campeonato Brasileiro.

Desde então, jogou nos Emirados Árabes Unidos, foi campeão brasileiro pelo Fluminense, faturou os títulos da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa com a camisa do Corinthians nos últimos anos. O atacante, porém, caiu de rendimento no Botafogo, no ano passado, quando teve problemas com a diretoria e foi dispensado em outubro antes da queda da equipe para a Série B.

De volta ao Corinthians, Emerson esteve longe de brilhar como aconteceu nos principais títulos conquistados pelo time com sua ajuda e, mesmo ganhando boas chances na equipe, não chegou a um acordo com os dirigentes corintianos para renovar seu vínculo. No fim de semana passado, foi homenageado pela diretoria antes da partida contra o Internacional por suas contribuições ao clube. Sem jogar, já estava com acerto encaminhado com o Flamengo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoEmerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.