Flamengo perde outra no Brasileirão e Atlético-PR é que encerra jejum

Equipe carioca continua caindo e já soma oito partidas sem vitória no campeonato

Demetrio Vecchioli, Agência Estado

11 de setembro de 2011 | 20h01

RIO - A cada rodada do Brasileirão, a crise só aumenta no Flamengo. Neste domingo, a equipe voltou a decepcionar e a irritar sua torcida. Desta vez, perdeu para o Atlético-PR, por 2 a 1, em Macaé. Além de completar oito partidas sem vencer, o clube carioca deixou a zona de classificação para a Copa Libertadores. Está em sexto lugar, com 36 pontos, sete a menos que o líder Corinthians. Já o time paranaense, apesar do resultado positivo, não saiu da zona de rebaixamento.

Os dois times entraram em campo neste domingo sob pressão e com um propósito: acabar com o jejum de vitórias. O Flamengo amargava sete sem rodadas sem ganhar. O time caiu de produção, perdeu posições na tabela de classificação e precisava reagir. O Atlético-PR não vencia havia cinco partidas, algo desesperador para quem luta para permanecer na divisão de elite.

Diante desse cenário, só restava aos dois buscar os três pontos. O empate seria ruim para ambos. Num primeiro tempo com mais de 40 passes errados, o Atlético-PR levou a melhor, aumentando o drama do time carioca, que teve mais posse de bola, porém não foi eficiente - o meia Renato Abreu acertou cobrança de falta no travessão.

O gol da equipe paranaense surgiu aos 39 minutos. O atacante Guerrón fez ótima jogada e deu passe sob medida para o lateral Heracles, na área carioca, silenciar o Estádio Cláudio Moacyr. "É difícil jogar contra um time com 11 atrás da linha da bola. Mas vamos melhorar", disse Renato, no intervalo.

A situação do Flamengo que já era ruim, piorou logo no começo do segundo tempo. Aos 33 segundos, Guerrón dividiu bola com o zagueiro Welinton, levou a melhor e, na saída do goleiro Felipe, tocou por cima: 2 a 0.

Aos 24 minutos, Guerrón foi expulso. Com um a mais, o time carioca partiu para o tudo ou nada. Welinton diminuiu (2 a 1), mas o Flamengo não teve força nem futebol para, pelo menos, empatar o jogo.

FLAMENGO 1 X 2 ATLÉTICO-PR

FLAMENGO - Felipe; Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar (Diego Maurício); Muralha (Negueba), Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid (Jael). Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

ATLÉTICO-PR - Renan Rocha; Edilson, Manoel, Rafael Santos e Heracles, Deivid, Renan, Marcelo Oliveira (Fransérgio) e Marcinho; Guerrón e Rodriguinho (Adaílton). Técnico - Antônio Lopes.

Gols - Heracles, aos 39 minutos do primeiro tempo. Guerrón, aos 33 segundos, e Welinton, aos 36 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

Cartões amarelos - Leonardo Moura e Rodrigo Alvim.

Cartão vermelho - Guerrón.

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.