Marcelo Cortes/Flamengo
Marcelo Cortes/Flamengo

Flamengo pode engrenar com Paulo Sousa e afundar ainda mais o Fortaleza no Brasileirão

Rubro-negro tenta engatar terceira vitória consecutiva no Maracanã e subir na tabela

Redação, Estadão Conteúdo

05 de junho de 2022 | 14h13

Buscando terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro, o Flamengo tem a chance de engrenar sob o comando de Paulo Sousa, contra o lanterna Fortaleza, em jogo marcado para este domingo, às 16h, no Maracanã, pela nona rodada. Com 12 pontos, o time rubro-negro visa se aproximar das primeiras colocações para provar que é, sim, um dos favoritos ao título. O clube rubro-negro ganhou motivação extra após vencer o clássico com o Fluminense por 2 a 1.

O Fortaleza, por outro lado, está em situação delicadíssima. O clube vive o pior momento com o técnico Juan Pablo Vojvoda e ainda não venceu na competição. É o lanterna, com dois pontos. Na última quarta-feira, perdeu para o arquirrival Ceará por 1 a 0, em jogo atrasado da terceira rodada. O técnico Paulo Sousa terá um pouco de dor de cabeça para conseguir escalar o Flamengo. O lateral Rodinei e o atacante Gabigol estão suspensos. Além disso, Arrascaeta e Isla foram convocados por suas respectivas seleções.

O goleiro Santos fez trabalho com bola no gramado. Enquanto isso, Filipe Luís e Gustavo Henrique participaram normalmente da atividade. Os dois últimos, no entanto, devem, no máximo, figurar entre os suplentes. Com isso, Matheuzinho volta a ser titular pela lateral-direita, assim como o atacante Pedro, no ataque. O centroavante começa a ter uma sequência com o treinador, que ainda tem uma dúvida no sistema defensivo, entre David Luiz e Pablo.

No Fortaleza, Vojvoda também não terá vida fácil. O jogo contra o Ceará fez o treinador perder três atletas. Felipe foi expulso e cumprirá suspensão. Lucas Lima e Ceballos desfalcarão o time pelo acúmulo de cartões amarelos. O treinador tem mais três desfalques por lesão. Tinga trata um edema na panturrilha, Matheus Vargas sofre com dores no adutor da coxa e Renato Kayzer ainda está em transição após se recuperar de uma contusão.

"Vamos sair dessa situação acreditando, trabalhando, com inteligência e confiando no elenco que tenho. Os jogadores estão muito compromissados e não encontro outro jeito de sair dessa situação", garantiu Vojvoda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.