Flamengo precisa vencer por dois gols

O Flamengo precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para não ser eliminado da Copa do Brasil. O adversário, o Ceará, venceu o primeiro jogo, com mando de campo da equipe carioca, por 2 a 0. Se houver uma vitória rubro-negra pelo mesmo placar, a vaga à fase quartas-de-final será decidida nos pênaltis. Por isso, o jogo desta quarta-feira, às 21h45, no Estádio Castelão, em Fortaleza, ganha em dramaticidade e em emoção.Sem Cuca, demitido, caberá a Andrade exercer de forma provisória a função de treinador do Flamengo. Pelo discurso da diretoria, há poucas chances de Andrade, mesmo se levar o Rubro-Negro à classificação, ser efetivado no cargo. Essa situação não o desanima. Pelo contrário.Passar algumas dicas do ofício é algo que mais lhe satisfaz.Andrade adotou a tática do "abafa" para tentar reverter a vantagem do Ceará, que contará com a força de sua torcida. Ele exige marcação sob pressão no campo adversário para tentar fazer um gol ainda no primeiro tempo e, de quebra, deixar a equipe nordestina preocupada. "É um jogo de alto risco, mas não acho que o Ceará vai jogar na retranca".De acordo com Andrade, a torcida vai "empurrar" o time da casa para o ataque, o que tornará o "jogo aberto", pois o Flamengo também precisa balançar as redes adversárias para não ser precocemente eliminado da Copa do Brasil. Diante da necessidade de tornar a equipe mais ofensiva, ele promoveu uma alteração no meio-de-campo e outra no ataque. O volante Da Silva cede lugar a Adrianinho e Obina entra na vaga de Geninho."A partida vai ser de igual para igual. O astral é bom e existe alegria no grupo. Os jogadores voltaram a sorrir. Antes, entrava em campo um time mal-humorado e preso", afirmou Andrade, dizendo-se pronto para comandar o Flamengo no Campeonato Brasileiro se a diretoria quiser. Mas ela segue em busca de um novo treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.