Flamengo preserva titulares na estreia na Copa do Brasil

Vivendo bom momento no Campeonato Brasileiro, equipe tem novidades na escalação para enfrentar o Coritiba fora de casa

Estadão Conteúdo

27 de agosto de 2014 | 08h34

Atual campeão, o Flamengo inicia a luta pelo seu quarto título da Copa do Brasil nesta quarta-feira, quando visita o Coritiba, a partir das 22 horas, no Estádio Couto Pereira. Mas o técnico Vanderlei Luxemburgo vai escalar uma formação diferente da que tem jogado no Brasileirão. E a principal novidade é a entrada do atacante naturalizado croata Eduardo da Silva, destaque dos últimos jogos, quando saiu do banco para marcar gols decisivos.

Como estava disputando a Libertadores no primeiro semestre, o Flamengo entra na Copa do Brasil diretamente nas oitavas de final. E estreia num bom momento, depois de somar quatro vitórias consecutivas, conseguindo reagir sob o comando de Luxemburgo. Agora, vai enfrentar Coritiba, que está na zona de rebaixamento no Brasileirão.

No meio de uma boa reação, Luxemburgo já indicou que o Brasileirão será sua prioridade. Assim, vai poupar alguns titulares na estreia da Copa do Brasil, o que abre espaço para jogadores como Chicão, Samir, Mugni, Luiz Antonio, Gabriel e Eduardo da Silva iniciarem a partida em Curitiba.

Depois de apresentar boas atuações, ao marcar três gols em cinco partidas, Eduardo da Silva terá a sua segunda oportunidade de começar um jogo pelo Flamengo - a primeira também foi contra o Coritiba, pelo Brasileirão. O início da trajetória do atacante no clube carioca tem deixado os torcedores eufóricos, mas a comissão técnica procura preservá-lo, já que chegou fora da melhor forma física.

Destaque também para o zagueiro Samir, que volta ao time após ficar fora por causa de uma contusão. E para o volante Luiz Antônio, outro que retorna ao Flamengo - o jogador não iniciava uma partida desde que teve seu nome envolvido em uma investigação policial no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilFlamengoCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.