Arquivo/AE
Arquivo/AE

Flamengo promete lutar pela 'Taça das Bolinhas'

Clube carioca vai recorrer da decisão da CBF, que entregou o Troféu Copa Brasil para o São Paulo

AE, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 14h08

A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, deu uma entrevista coletiva nesta quinta-feira para comentar a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que anunciou no dia anterior a entrega da "Taça das Bolinhas" para o São Paulo. Segundo ela, o clube carioca vai lutar para ficar com o troféu.

Veja também:

linkTaça da discórdia é tricolor. Por enquanto

linkCBF resolve dar a 'Taça das Bolinhas' ao São Paulo

forum BLOG BATE PRONTO - CBF tenta provocar a desunião dos clubes com a 'Taça das Bolinhas'?

"Para o Flamengo, a briga apenas começou", avisou Patricia Amorim, dizendo estar preparada para enfrentar uma disputa jurídica e política para provar que o clube carioca foi o verdadeiro campeão brasileiro de 1987. "Confio no nosso departamento jurídico e na possibilidade de reverter essa situação."

A "Taça das Bolinhas", chamada oficialmente de Troféu Copa Brasil, seria entregue em definitivo para quem conquistasse primeiro cinco títulos alternados ou três consecutivos do Brasileirão. O Flamengo se intitula o primeiro a cumprir esse requisito, mas a CBF não o reconhece como campeão de 1987.

Em decisão que já foi referendada judicialmente pelo Tribunal Regional Federal, a CBF não reconhece a Copa União de 1987, organizada pelo então recém-criado Clube dos 13 e vencida pelo Flamengo, como Campeonato Brasileiro - a entidade considera o Sport como o campeão brasileiro daquele ano.

Contando com o polêmico título de 1987, o Flamengo teria sido o primeiro pentacampeão brasileiro em 1992 - ganhou também em 1980, 1982 e 1983, além da conquista do ano passado. Mas, para a CBF, a honraria cabe ao São Paulo, que venceu em 1977, 1986, 1991, 2006 e 2007 - também faturou o campeonato de 2008.

Por isso, a CBF anunciou na quarta-feira que a "Taça das Bolinhas" vai para o Morumbi. A diretoria flamenguista, no entanto, promete lutar para reverter isso. E tem como trunfo um documento assinado pelos integrantes do Clube dos 13, em 1997, que sela acordo para dividir o título da Copa União entre Flamengo e Sport.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoCBFTaça das Bolinhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.