Alecsandro marcou com um minuto de jogo
Alecsandro marcou com um minuto de jogo

Flamengo promete ter força máxima no jogo de volta contra a Cabofriense

Apesar da enorme vantagem, Jayme de Almeida não deve poupar ninguém

Agência Estado

27 de março de 2014 | 09h01

RIO - Depois da boa vitória por 3 a 0 sobre a Cabofriense, na noite de quarta-feira, no Maracanã, o Flamengo ficou muito perto da vaga na final do Campeonato Carioca. Apesar da enorme vantagem, o técnico Jayme de Almeida prometeu escalar força máxima no jogo de volta contra o time de Cabo Frio, sábado, no mesmo local, sem poupar alguns titulares para o compromisso pela Libertadores na semana que vem.

Além do respeito ao adversário, Jayme de Almeida lembrou que o jogo de sábado serve como uma espécie de preparação para enfrentar o Emelec, na próxima quarta-feira, no Equador, pela Libertadores. Por isso mesmo, ele tem mais um motivo para escalar força máxima diante da Cabofriense.

"Temos que empatar ou vencer a Cabofriense. Só depois vamos pensar na Libertadores. Até por isso, vou montar a melhor equipe no sábado para nos prepararmos", afirmou o treinador. "Temos que vencer a Cabofriense ou empatar para seguir. Então, temos que jogar sábado primeiro para passar."

O discurso de Jayme de Almeida serviu também para deixar o elenco flamenguista em estado de alerta para o jogo de volta na semifinal do Campeonato Carioca. "Acho que temos de ter, acima de tudo, respeito pelos nossos adversários. Precisamos nos preparar de maneira correta para evitarmos surpresas. Temos uma vantagem boa, mas não está nada decidido. No jogo de sábado, é preciso entrar concentrado, ter cuidado e respeito", avisou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.