Cristiano Andujar/Vipcomm
Cristiano Andujar/Vipcomm

Flamengo protesta contra Heber Roberto Lopes

Diretoria reclama que o árbitro teria prejudicado a equipe contra o Figueirense

16 de agosto de 2011 | 14h12

Embora tenha dito que não iria se manifestar, a diretoria do Flamengo mudou de ideia e resolveu oficializar nesta terça-feira, na CBF, um protesto contra o árbitro Heber Roberto Lopes, que apitou o empate por 2 a 2 contra o Figueirense.

Entre outras reclamações, o clube critica a postura do árbitro perante os jogadores e o fato do juiz ter dado cinco cartões amarelos em 14 minutos. Ronaldinho Gaúcho e Renato foram advertidos e com isso desfalcam a equipe contra o Atlético Goianiense, nesta quinta-feira.

O diretor de futebol do Flamengo, Luiz Augusto Veloso, confirma o protesto. "Decidimos com o departamento jurídico fazer a manifestação junto à CBF. As principais reclamações são pela postura do árbitro, e a falta de critério, com cinco cartões em 14 minutos. É engraçado que na súmula ele diz que correu tudo dentro da normalidade. Não vamos deixar como simples denúncia. Vamos avançar para tentar comprovar o que ele disse aos nossos jogadores", disse o dirigente.

A diretoria rubro-negra ainda faz questão de negar que tudo isso seja apenas uma forma de pressionar a arbitragem. "Não é apenas chiadeira, é uma manifestação consistente. Temos que dar uma consequência, pois o juiz influenciou no próximo jogo, já que Ronaldinho Gaúcho e Renato terão que cumprir suspensão."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.