Flamengo reage e dispensa Felipe

A diretoria do Flamengo apresentou oficialmente nesta terça-feira o técnico Julio César Leal, mas aproveitou a solenidade para se livrar de um dos maiores problemas do clube neste ano. O vice-presidente Gerson Biscotto anunciou que o meia Felipe está fora dos planos para a temporada 2005 e avisou que ao final do contrato, em dia 31 de dezembro, o jogador estará livre para procurar outro clube. ?O Felipe mostrou por atitudes que não vai continuar no Flamengo. Ele já escolheu o caminho dele?, disse o vice-presidente. O jogador, considerado um dos mais habilidosos do Brasil, mas que tem um comportamento instável dentro e fora de campo, foi campeão carioca com o Flamengo no primeiro semestre, mas colecionou problemas no segundo.Apesar de ser a principal estrela do time, Felipe nunca confirmou em campo que poderia fazer a diferença. O time passou todo o Campeonato Brasileiro próximo da zona do rebaixamento e o meia não conseguiu se firmar como um líder. Ao contrário. Jogou abaixo da expectativa e se mostrou uma fonte de problemas.Felipe irritou a diretoria ao anunciar que estava negociando com um clube turco, apesar de o campeonato estar em pleno andamento. A gota d?água, no entanto, ocorreu no último jogo do Brasileiro, quando, ao fazer um gol, ele tirou a camisa; atirou no chão e fez gestos ofensivos à torcida.Felipe interessa ao Botafogo, mas também estaria negociando com o Galatassaray, da Turquia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.