Flamengo recebe São Paulo e tenta manter série invicta

Time carioca não é superado há sete jogos no Campeonato Brasileiro e sonha com vaga na Libertadores de 2010

Leonardo Maia, Agencia Estado

10 de outubro de 2009 | 08h52

O Flamengo curte sete jogos de invencibilidade no Brasileirão - são quatro vitórias e três empates -, o que o levou da parte intermediária da classificação do campeonato para o grupo daqueles que disputam vaga na Libertadores de 2010. Mas o desafio flamenguista deve aumentar neste sábado, quando recebe o vice-líder São Paulo no Maracanã, a partir das 16h10, na abertura da 29.ª rodada do campeonato.

Veja também:

linkSão Paulo arrisca tudo no Maracanã

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Depois do São Paulo, o Flamengo enfrentará na sequência o líder Palmeiras, dia 18 de outubro, em São Paulo. Por isso mesmo, as duas próximas rodadas vão definir o futuro flamenguista no Brasileirão. Em caso de vitória sobre os dois primeiros colocados do campeonato, o time carioca estará definitivamente na briga pela vaga na Libertadores de 2010.

Atualmente, o Flamengo ocupa o sexto lugar, com 42 pontos, cinco a menos do que o Atlético-MG, que é o quarto colocado - apenas os quatro melhores vão à Libertadores. Diante desse cenário, a expectativa é de um bom público neste sábado no Maracanã. Mesmo porque, mais de 28 mil ingressos já tinham sido vendidos antecipadamente até o fim da tarde desta sexta-feira.

"Vamos dar sequência nessa arrancada, pois o Flamengo ainda está na disputa", avisou o goleiro Bruno. O problema flamenguista, no entanto, são os desfalques para enfrentar o São Paulo neste sábado. O atacante Adriano está na seleção brasileira, enquanto o volante Aírton e o lateral-direito Leonardo Moura vão cumprir suspensão e o zagueiro David está contundido.

"Ainda não defini quem entra na vaga do Aírton. Temos algumas opções e só vou divulgar a escalação amanhã (sábado). Temos o Toró, o Everton e ainda posso puxar o Willians para aquela função. Não devo escalar o Juan de inicio, porque ele vem de um longo tempo sem jogar. Certo mesmo é que vamos manter o esquema", disse o técnico Andrade, garantindo Everton Silva no lugar de Leonardo Moura e Denis Marques na vaga de Adriano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.