Flamengo: relaxado e pronto para enfrentar o Botafogo

Feliz com classificação na Libertadores, time rubro-negro está tranqüilo para buscar o título do Estadual

Leonardo Maia, Agência Estado

11 de abril de 2008 | 20h11

Às vésperas de um clássico decisivo, a ordem no Flamengo é descansar e relaxar. Mas não por descaso. Depois da desgastante viagem a Cuzco, no Peru, onde a equipe derrotou o Cienciano por 3 a 0, a prioridade na Gávea é recuperar o fôlego para a semifinal da Taça Rio contra o Botafogo, neste domingo, no Maracanã."Foram quase 24 horas acordados em aeroportos", disse Fábio Luciano, sobre o retorno ao Rio. Os jogadores deixaram a histórica cidade peruana às 4h30 de quinta e só chegaram em suas casas por volta das 2h30 da madrugada desta sexta-feira. Mas ninguém usa o cansaço como desculpa para uma eventual derrota. "Não vamos ficar fazendo mais um terror", pediu o técnico Joel Santana. "Quem quer ser campeão tem que superar esses obstáculos. Vamos descansar o suficiente até sábado. Estaremos fortes para a partida", prometeu o treinador rubro-negro.No treino desta sexta, os titulares do Flamengo não participaram de nenhuma atividade de campo. Apenas exercícios de relaxamento e reforço muscular. Mesmo sem querer se apoiar no desgaste físico evidente, os jogadores não deixam de reconhecer que entrarão em desvantagem em relação aos alvinegros nesse aspecto. "Alguma vantagem é claro que eles (do Botafogo) vão ter. Mas não podemos usar isso como desculpa. Vamos tentar descansar ao máximo", declarou o atacante Souza.Quanto à formação da equipe que enfrentará os rivais, o técnico Joel Santana não quer comentar possíveis mudanças. "Hoje, todo mundo sabe qual é o time do Flamengo. Quando mudamos, é uma peça ou outra de acordo com as necessidades de cada jogo."Assim, e justamente por conta do inexistente tempo de trabalho para a semifinal, a expectativa é de que o time que derrotou os peruanos seja repetido. A única mudança possível pode ser o retorno de Marcinho, provavelmente no lugar de Kléberson, recuando Renato Augusto. "Temos opções", comemorou Joel. E como campeão da Taça Guanabara e já classificado para uma eventual finalíssima do Estadual, o Flamengo pode se dar ao luxo de testá-las todas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.