Flamengo rescinde contrato do meia-atacante Léo Lima

Diretoria anuncia o desligamento do jogador após ele discutir com um torcedor em treino desta terça

09 de outubro de 2007 | 19h03

A diretoria do Flamengo rescindiu o contrato do meia-atacante Léo Lima. O jogador sequer vinha sendo aproveitado pelo técnico Joel Santana, mas, coincidentemente ou não, o anúncio do desligamento veio depois de Léo Lima ter discutido asperamente com um torcedor que o ofendia durante o treino desta terça-feira na Gávea, sem maiores conseqüências. Seguranças do clube intervieram rapidamente e retiraram o torcedor da sede. Léo Lima foi contratado depois de ter sido dispensado do Grêmio por problemas disciplinares. O jogador se destacou pelo Vasco, mas sempre foi visto como problemático por conta de seu temperamento. Em meio a isso, o atacante Souza não participou dos treinos físicos devido a dores no joelho esquerdo que surgiram depois da derrota por 2 a 0 para o Fluminense. No entanto, jogador e o médico do clube, Walter Martins, minimizaram o problema, e o atacante, que não faz gol há quatro jogos, deve estar em campo contra o Paraná, próximo compromisso do clube pelo Campeonato Brasileiro, sábado, em Curitiba. Para essa partida, o técnico Joel Santana terá o retorno do atacante argentino Maxi, que cumpriu suspensão automática contra o Fluminense. Assim, Jaílton deve ceder vaga no meio-campo para Toró.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoLéo Limadispensa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.