Flamengo saboreia 2ª vitória seguida

Uma sensação de alívio tomou conta dos jogadores e membros da comissão técnica do Flamengo, após a vitória por 1 a 0 sobre o São Caetano, na casa do adversário. E não era para menos. Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro conquistou duas vitórias consecutivas - na rodada anterior derrotou o Paraná. O resultado tirou o time da zona de rebaixamento, mas o técnico Ricardo Gomes lembrou que o momento ainda não é de festejar. O treinador elogiou o rendimento dos atletas, mas criticou a falta de força ofensiva da equipe após o gol de pênalti de Dimba, no segundo tempo. "Não se pode dar campo para o adversário atacar. Acho que a pressão para conquistar uma vitória fora de casa também atrapalhou os jogadores", declarou Ricardo Gomes. A necessidade de derrotar o Vitória, quinta-feira, no Maracanã, é comentada em todos os cantos na Gávea. O time baiano também luta para fugir da área de descenso e está um ponto à frente do Rubro-Negro na tabela de classificação do Brasileiro. A preocupação do Flamengo para esse confronto chama-se Felipe. O atleta ainda não se recuperou da contusão no joelho esquerdo e é dúvida. Autor de cinco gols em sete partidas no Nacional, o atacante Dimba alegou dores musculares e saiu de campo no jogo contra o São Caetano. No entanto, ele não preocupa os médicos do clube e está liberado para enfrentar o Vitória.

Agencia Estado,

30 Agosto 2004 | 19h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.