Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Flamengo continua como líder e Atlético-MG sobe para 3º no ranking da CBF

A quarta colocação está com o Grêmio, rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2022

Redação, Estadão Conteúdo

16 de dezembro de 2021 | 22h38

O Flamengo continua na liderança do Ranking Nacional de Clubes da CBF, na atualização divulgada pela entidade, na noite desta quinta-feira. O Palmeiras manteve sua posição de segundo colocado, agora perseguido de perto pelo Atlético-MG, o time sensação da temporada 2021. A quarta colocação está com o Grêmio, rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro.

O time carioca ocupa o primeiro posto, com 17.054 pontos, após uma temporada de mais decepções do que conquistas. Vice-campeão brasileiro, o Fla venceu a Supercopa do Brasil no início do ano. Em segundo, o Palmeiras exibe 14.584, depois de conquistar o bicampeonato da Copa Libertadores e terminar o Brasileirão no terceiro posto.

A terceira posição geral do ranking agora pertence ao Atlético-MG, com 14.572, apenas 12 atrás do Palmeiras. Foram seis colocações conquistadas nesta atualização do ranking - na última ocupava o nono posto. A equipe mineira foi de longe a melhor nos torneios nacionais, conquistando o Brasileirão e a Copa do Brasil, esta na noite de quarta-feira. O time comandado por Cuca fechou a chamada Tríplice Coroa, ao vencer também o Campeonato Mineiro, no início da temporada.

O ranking da CBF define uma classificação técnica entre 236 clubes do futebol brasileiro, tomando como base o desempenho dos times nas competições nacionais e internacionais.

O Atlético é seguido pelo Grêmio. A equipe rebaixada para a Série B soma 14.336. E tem na sua cola o Athletico-PR, com 13.512, após o vice-campeonato da Copa do Brasil e o título da Copa Sul-Americana. No Brasileirão, o time de Curitiba brigou contra a zona de rebaixamento durante a maior parte do campeonato.

Outro time que lutou contra a queda foi o Santos, sexto colocado no ranking da CBF, com 12.816. São Paulo (12.604), Internacional (12.108), Fluminense (11.100) e Corinthians (11.064) fecham o Top 10 da lista da CBF.

Um dos destaques desta atualização é o Fortaleza, classificado pela primeira vez para disputar a Libertadores, em 2022. Após terminar o Brasileirão no G-4 e alcançar as semifinais da Copa do Brasil, saltou do 18º para o 11º lugar.

Em situação oposta está o Inter, que caiu do quarto para o oitavo posto. Também em queda, o Cruzeiro trocou o 10º lugar pelo 14º. Em 2022, vai disputar a Série B pela terceira temporada consecutiva. No ranking de 2020, anunciado ao fim de 2019, o time mineiro aparecia no destacado quarto lugar geral.

No Ranking Nacional de Federações, também atualizado nesta quinta, a Federação Paulista de Futebol segue na ponta, seguida pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e pela Federação Gaúcha de Futebol. A maior mudança na lista foi protagonizada pela Federação Cearense de Futebol, que superou a Federação Goiana de Futebol e aparece agora no 7º lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.