Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Flamengo sobra e derrota o Corinthians sem dificuldades na Arena

Lucas Paquetá e Renê marcaram os gols dos visitantes que seguem na briga pela ponta; time alvinegro continua a seis do rebaixamento

João Prata, O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2018 | 23h01

O Corinthians fez uma péssima apresentação e perdeu por 3 a 0 para o Flamengo na noite desta sexta-feira, em casa, pela 28.ª rodada do Brasileirão. Lucas Paquetá foi o principal destaque da partida ao marcar os dois gols.

O resultado mantém o time alvinegro, em nono, com 35 pontos, a apenas seis da zona de rebaixamento - a distância pode diminuir neste sábado com o restante da rodada. A equipe rubro-negra continua firme e forte na briga pela taça da competição - é o atual terceiro colocado, com 52 pontos, a apenas um de distância do líder Palmeiras.

O Corinthians agora volta às atenções para a decisão da Copa do Brasil. Na quarta-feira visitará o Cruzeiro, no Mineirão, no jogo de ida. Pelo Brasileirão, a equipe terá o clássico contra o Santos no sábado, às 19h, no Pacaembu. Neste jogo, não contará com Romero, que levou o terceiro cartão amarelo. O Flamengo, no mesmo dia, tem o clássico contra o Fluminense, no Maracanã.

No duelo desta sexta-feira, o time alvinegro estreou a terceira camisa em homenagem ao ídolo Ayrton Senna. Cássio entrou em campo com uma réplica do capacete do tricampeão mundial. Nas arquibancadas um mosaico "Senna Sempre" não funcionou muito bem. Isso porque muitos torcedores chegaram atrasados por conta do trânsito.

Com a bola rolando, apesar do apoio dos torcedores, que receberam o time do Flamengo com gritos de "eliminado", o time alvinegro parecia visitante. O rival carioca dominou a partida e tinha muita facilidade para chegar ao ataque pelo lado direito. 

Vitinho ganhou todas contra Gabriel e o Flamengo só não saiu na frente do placar porque faltou o centroavante Uribe colocar o pé na bola em três cruzamentos que passaram de um lado a outro da área corintiana. 

Fechado em seu campo de defesa, o Corinthians tentava surpreender em uma saída rápida de contra-ataque. Na primeira vez, Romero deu para Jadson na direita, que cruzou na segunda trave. Clayson bateu e a zaga cortou.

Cássio fez a primeira defesa em chute cruzado de Paquetá, após mais uma jogada de Vitinho pela direita. O Corinthians só foi chutar a gol pela primeira vez aos 43 minutos do primeiro tempo e graças a uma saída de bola errada do adversário. Arão recuou nos pés de Vital que invadiu livre a área, mas chutou em cima de Cesar. Douglas aproveitou a sobra, mas também chutou em cima do goleiro adversário.

No segundo tempo a história seguiu a mesma, mas desta vez apareceu um jogador para cabecear na área. Aos 14 minutos, Vitinho cobrou escanteio pelo lado direito e Paquetá apareceu no meio da área para abrir o marcador.

O Corinthians nem bem conseguiu ir ao ataque e levou o segundo. Seis minutos mais tarde Vitinho cobrou escanteio da esquerda, Araão desviou na primeira trave e a zaga alvinegra cortou parcialmente. Paquetá aproveitou a sobrou e mandou novamente para as redes: 2 a 0. 

O time alvinegro ficou completamente desorganizado. Nem o contra-ataque tinha mais para buscar o gol. O Flamengo também se mostrou satisfeito com o resultado. Mas ainda conseguiu ampliar aos 45 minutos em uma rápida descida. Rodinei avançou pela direita e rolou na área. Renê chutou a primeira. Cássio espalmou. Na sobra, o lateral chutou novamente e decretou a vitória.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 0 X 3 FLAMENGO

CORINTHIANS - Cássio; Gabriel, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Danilo), Douglas (Sheik) e Jadson; Mateus Vital, Clayson (Pedrinho) e Romero. Técnico: Jair Ventura.

FLAMENGO - César; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Lucas Paquetá; Éverton Ribeiro (Rodinei), Uribe (Geuvânio) e Vitinho (Piris da Motta). Técnico: Dorival Júnior.

GOLS - Lucas Paquetá, aos 14 e aos 20, e Renê, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior

CARTÕES AMARELOS - Cesar (Flamengo); Romero e Henrique

PÚBLICO - 41.693 pagantes (41.943, no total)

RENDA - R$ 1.381.719,00

LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.