Flamengo sofre, mas ganha do Madureira

O Flamengo sofreu, mas conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Carioca ao derrotar na tarde desta quarta-feira o Madureira, por 1 a 0, no Estádio Conselheiro Galvão. Durante a maior parte do confronto, o Rubro-Negro deu a impressão de que apagaria completamente o vexame da goleada imposta pelo Olaria na estréia da competição. Porém, quase deixou o resultado escapar no final quando sofreu uma grande pressão do adversário.No início do jogo parecia que o pesadelo da primeira partida iria se repetir. Logo no primeiro ataque, o Madureira acertou a trave após cobrança de falta. Só que, aos 11 minutos, o torcedor rubro-negro pôde comemorar o seu gol em linda jogada. O meia Adrianinho tocou de letra para o lateral-esquerdo André Santos cruzar. Dimba dominou e ajeitou para Marcos Denner abrir o marcador.Com a vantagem no placar, o Flamengo passou a dominar completamente as ações. Adrianinho e André Santos eram os destaques. O primeiro com passes precisos. O segundo explorando bem o lado direito da defesa adversária. Ao Madureira restava tentar o empate em jogadas de bola parada.No segundo tempo, o Flamengo voltou mais recuado e procurando aproveitar os contra-ataques. E quase ampliou com Adrianinho. Mas o meia, diante do goleiro Cléber, finalizou para fora. Logo depois Marcos Denner acertou a trave. A partir daí, o Rubro-Negro praticamente abdicou de atacar e foi completamente pressionado pelo Madureira.Aos 21 minutos, o árbitro Guttemberg de Paula Fonseca anulou corretamente um gol do atacante Sorato. Marcos Denner respondeu em duas jogadas individuais, mas faltou precisão em suas conclusões. O lateral-esquerdo Víctor Boleta, após cruzamento, só não empatou porque Fábio salvou em cima da linha. Nos minutos finais, Sorato, dentro da pequena área, deu um carrinho, mas a bola bateu no travessão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.