Flamengo tem arma contra o CRB-AL: Felipe

Depois da ótima atuação na vitória sobre o Vasco, domingo, pelas semifinais da Taça Guanabara, o meia Felipe continuou sendo o grande assunto na Gávea. Todos no clube tentavam entender como o jogador sempre dribla para o mesmo lado e, mesmo assim, ninguém consegue tomar-lhe a bola. O técnico Abel Braga chegou a dizer que, no momento, somente com "tiro" o atleta pode ser parado. "Ele está fazendo a diferença no futebol brasileiro. O Felipe está entre os melhores jogadores que atuam no Brasil", afirmou Abel.E a confiança do treinador em sua principal estrela é tão grande que ele nem sequer pensa em poupar o atleta no jogo com o CRB-AL, quarta-feira. "É outra decisão para nós. Vale uma vaga na próxima fase da Copa do Brasil."Parceria - O Flamengo acertou nesta segunda-feira um convênio com a empresa que administra o Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, para realizar 16 jogos do Campeonato Brasileiro no local. A diretoria do Rubro-Negro tomou esta decisão para gerar benefícios ao clube e fugir das altas taxas do Maracanã. Os dirigentes acreditam que possam arrecadar R$ 100 mil por partida. Esse dinheiro seria utilizado na contratação de reforços e na construção de um Centro de Treinamento em Vargem Grande.Para o Maracanã serão reservados 10 jogos, dentre eles os clássicos com as demais equipes cariocas e partidas contra adversários de peso como o Corinthians. Com isso, o clube acredita que evitará prejuízos durante o Brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.