Reprodução/ Facebook
Reprodução/ Facebook

Flamengo tenta a contratação do volante colombiano Fredy Guarín

Jogador de 33 anos está sem clube desde que terminou o contrato com o futebol chinês

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2019 | 15h24

Mesmo na liderança, mesmo sendo o clube que mais gastou em contratações na temporada, o Flamengo ainda está de olho no mercado. A bola da vez é o volante colombiano Fredy Guarín Vásquez, de 33 anos.

O jogador viria para substituir o também colombiano Cuéllar, que há duas semanas foi negociado com o Al Hilal, da Arábia Saudita. Fredy está sem clube no momento. Ele defendeu o Shanghai Shenhua, da China, nas últimas três temporadas.

Revelado pelo Envigado, da Colômbia, em 2004, o volante teve passagem pelo Boca Juniors ainda no começo da carreira, entre 2005 e 2006. Depois, teve boa passagem pelo futebol europeu, atuando por três clubes de diferentes países: o Saint Étienne (2006 a 2008), o Porto (2008 a 2012) e a Inter de Milão (2012 a 2016).

No time português, ele teve a oportunidade de jogar por algumas vezes contra o atual técnico do Flamengo, Jorge Jesus, que no período teve passagens pelo Braga e pelo Benfica. O treinador já teria aprovado a contratação do colombiano e agora a diretoria tenta acertar o salário e o tempo de contrato. 

O principal entrave no momento é que há outros clubes estrangeiros interessados no jogador. Fredy tem 1,83 de altura, e tem como características a forte marcação e o chute de longe distância. Ele teve passagens pela seleção colombiana desde as categorias de base e participou da Copa do Mundo de 2014. Na derrota para o Brasil por 2 a 1 nas quartas de final, ele esteve em campo nos 90 minutos.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengofutebolFredy Guarín

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.