Flamengo tenta afastar fantasma paranaense

Depois de ter sido goleado por Atlético-PR e Paraná no primeiro turno deste Campeonato Brasileiro, o torcedor do Flamengo passou a ficar preocupado quando seu time enfrenta equipes paranaenses. Neste sábado, o Rubro-Negro vai receber justamente o Atlético-PR, às 18 horas, no Maracanã. Prenúncio de nova derrota? Os jogadores dizem que não. ?O Brasileiro é uma competição que exige regularidade. Sem isso não se chega ao título?, disse o goleiro Júlio César, ressaltando que o Flamengo precisa vencer o Atlético não só para se redimir da derrota no primeiro turno, mas também com a intenção de manter as chances de brigar por uma vaga na Taça Libertadores da América, em 2004. Júlio lembrou que há dois anos o Flamengo disputou um Brasileiro em que venceu mais vezes fora de casa do que no Rio. No atual, porém, o time carioca conseguiu somente uma vitória. ?Agora, estamos vivendo uma experiência contrária. Jogamos bemcom o Goiás e merecíamos um melhor resultado?, afirmou o jogador. ?Dias depois, atuamos muito mal contra o Guarani.? O meia Felipe, que vai desfalcar o Flamengo por ter sido expulso na derrota para o Guarani, foi repreendido pelo técnico Oswaldo de Oliveira. ?Falei com firmeza. Um atleta com a experiência dele não pode cometer aquele tipo de erro?, disse o treinador, referindo-se à agressão de Felipe em Simão. Ígor será o substituto. Além de Felipe, o volante André Gomes, suspenso, e o atacante Jean, machucado, desfalcam o time. Com isso, Zé Carlos será mantido no ataque e Jonatas volta ao Rubro-Negro. ?Não sei como o Atlético vai se portar em campo. Mas o Flamengo terá queencontrar as alternativas para superar todas as dificuldades?, disse Oswaldo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.