Flamengo tenta consolidar boa fase

Com remota possibilidade de conquistar uma das cinco vagas à Taça Libertadores da América de 2004, o Flamengo enfrenta nesta quinta-feira o Atlético-MG, às 21h40, no Maracanã, em partida válida pela 41ª rodada do Campeonato Brasileiro. Há cinco jogos invictos no comando do time carioca, o técnico Waldemar Lemos faz o discurso da humildade e prefere elogiar os antecessores." Isso é fruto do trabalho dos técnicos Nelsinho Batista e Oswaldo de Oliveira. Estou apenas colhendo os frutos e trabalhando a cabeça dos atletas", disse Lemos. O treinador contará com o retorno do atacante Jean, recuperado de contusão no tornozelo esquerdo. Ele formará com Edilson o ataque do Flamengo. Além disso, o zagueiro Fabiano Eller, constantemente elogiado pelo treinador, cumpriu suspensão e está escalado. Com isso, André Bahia voltará ao banco de reservas.Outra mudança é a entrada do meia Andrezinho no lugar de Igor, suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo. O atleta não economizou elogios quando citou o nome do treinador. "Ele é um ótimo técnico e tem caráter. Confia em mim e sempre me dá apoio", diz. Apesar de ser novo, 20 anos, o jogador já conquistou a confiança do treinador, mas ainda falta cair nas graças da torcida. Para tanto, promete se empenhar cada vez mais e fazer gols. "No início de carreira, quando era vaiado, ficava abalado. Agora estou mais experiente e quero ajudar o grupo a conquistar uma vaga na Libertadores." Convocado para a seleção brasileira que enfrenta o Peru e o Uruguai pelas eliminatórias, o goleiro Júlio César espera continuar ajudando o time carioca nesta reta final do Brasileiro. "É um orgulho enorme. Agora é Copa do Mundo. Vou continuar trabalhando forte no Flamengo para conquistarmos uma vaga na Libertadores".Felicidade de um lado, tristeza de outro. Além de voltar ao banco de reservas, o zagueiro André Bahia ficou fora da lista para o Mundial sub-20. Ele não escondeu a decepção e quer deixar o Flamengo no final do ano, quando termina o seu contrato com o clube. "Estou triste. O tempo fora do time influiu. Agora é levantar a cabeça. Já passei para o Léo Rabelo (procurador) o que quero e Deus está reservando algo bom para mim".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.