Flamengo tenta espantar a crise

Vencer para tentar espantar a crise que ronda a Gávea e conquistar uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil - competição considerada prioridade pela diretoria e pelo técnico Abel Braga. É com esse pensamento que o Flamengo enfrenta o Grêmio nesta quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, no jogo de volta das quartas-de-final do torneio, tendo a seu favor a vantagem do empate - ganhou por 1 a 0 na ida."Temos de superar os problemas e vencer esse jogo, que será mais importante do que a final do Campeonato Estadual, porque o título da Copa do Brasil nos dará uma vaga na Copa Libertadores", afirmou Abel Braga. Recentemente, o diretor-técnico Júnior descartou a possibilidade de o Flamengo disputar o título do Campeonato Brasileiro. "Não podemos iludir o torcedor", disse, na ocasião.Por outro lado, a eliminação para o Grêmio pode agravar a situação de Abel Braga na Gávea. O Flamengo ocupa a zona do rebaixamento no Brasileiro e, em caso de novo fracasso, o trabalho do treinador deverá ser reavaliado pela diretoria do clube.Cauteloso, Abel Braga adotou o mistério na escalação do time titular. Disse que fará alterações na equipe, mas só vai divulgá-las 30 minutos antes do Flamengo entrar em campo. O atacante Negreiros, machucado, é desfalque certo. Assim, Jean atuará ao lado de Felipe no ataque. Outra substituição confirmada pelo treinador é a entrada do zagueiro André Bahia no lugar de Henrique, que cumpre suspensão automática.O lateral-esquerdo Athirson ficará no banco de reservas, mas deverá entrar no segundo tempo. O atleta ficou entusiasmado com a possibilidade de voltar a jogar pelo Flamengo. "Não via a hora disso acontecer. Agora é esperar a chance e buscar uma vaga no time", declarou o jogador, que realizou sua última partida oficial há quase um ano: contra o Cruzeiro, na decisão da Copa do Brasil de 2003, dia 12 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.