Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Flamengo terá pelo menos oito desfalques contra o Nova Iguaçu

Além dos jogadores, treinador V. Luxemburgo também está fora

Estadão Conteúdo

07 Abril 2015 | 15h49

Líder do Campeonato Carioca, o Flamengo ainda não garantiu matematicamente a primeira colocação e o consequente título da Taça Guanabara (primeiro turno). Para assegurar o posto sem depender do resultado do jogo do Botafogo, o time rubro-negro precisará vencer o Nova Iguaçu nesta quarta-feira. Mas, para isso, precisará superar uma série de desfalques.

Pelo menos oito jogadores do elenco estão descartados. Bressan e Márcio Araújo estão suspensos, enquanto Arthur Maia, Everton, Canteros, Cáceres, Nixon e Samir estão lesionados. Além deles, Anderson Pico e Paulinho dependem de liberação do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ) para atuarem - eles serão julgados nesta terça. E o próprio técnico, Vanderlei Luxemburgo, terá de cumprir o segundo jogo da suspensão imposta pelo mesmo tribunal.

Assim, o auxiliar-técnico Deivid não deverá nem mesmo ter o banco de reservas completo para a partida que será disputada às 22 horas desta quarta. Na manhã desta terça-feira, o time viajou para Macaé com apenas 17 jogadores. Se forem liberados, Pico e Paulinho se juntarão ao grupo na quarta.

Mais conteúdo sobre:
futebolFlamengodesfalques

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.