Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Flamengo testa qualidade dos reforços e inicia luta por 3º título da Libertadores

Jorge Jesus tem quatro desfalques importantes para confronto com o Junior Barranquilla, na Colômbia

Redação, Estadão Conteúdo

04 de março de 2020 | 06h58

Atual campeão, o Flamengo inicia, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), diante do Junior Barranquilla, na Colômbia, a sua caminhada em busca do terceiro título da Copa Libertadores, o que poderá colocá-lo no hall dos maiores vencedores brasileiros da principal competição sul-americana, ao lado de Santos, São Paulo e Grêmio.

A equipe e a torcida flamenguista ganharam um incentivo a mais com a escolha do Maracanã como sede da final deste ano. "Lógico que fica esse objetivo. Todos vão lutar para estar lá no final. Mas temos um gostinho por ser nossa casa. Mas vamos passo a passo, jogo a jogo", afirmou o goleiro Diego Alves, um dos capitães do time, ao lado de Everton Ribeiro e Diego.

Para isso, o time do técnico Jorge Jesus terá de provar em campo que os reforços comprados nesta temporada têm capacidade para substituir quatro desfalques importantes. Rafinha, Rodrigo Caio, Bruno Henrique (todos machucados) e Willian Arão (suspenso) estão fora.

Jorge Jesus só vai anunciar a escalação da equipe momentos antes da partida. Para a lateral direita, o treinador pode improvisar, ao colocar Berrío na posição. Léo Pereira entra na zaga e faz dupla com Gustavo Henrique, enquanto Thiago Maia herda a vaga no meio-campo. Michael, que teve boa atuação contra a Cabofriense na goleada por 5 a 1, pela Taça Rio, deverá ser o substituto de Bruno Henrique.

"O Mister (Jorge Jesus) estuda todos os adversários e busca soluções para que as partidas sejam mais fáceis do que são. Quando temos que tomar decisões, estamos sabendo dos adversários", afirmou Diego Alves, que destacou a presença do atacante Borja, ex-Palmeiras, no time adversário. Ele fará dupla com Teófilo Gutierrez, outro jogador de renome. "Conhecemos bem o Borja por ter jogado mais perto da gente. Conhecendo, sabemos que temos que fazer uma marcação bem de perto."

O Junior Barranquilla disputou sete jogos pelo Torneio Apertura da Colômbia e conseguiu três vitórias, três empates e apenas uma derrota. As atuações têm agradado a imprensa local e os torcedores da equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.