Flamengo treina com quatro volantes e sem Álvaro

O técnico Andrade dá todos os indícios de que o Flamengo não deve partir para cima do líder Palmeiras no próximo domingo, no Palestra Itália. No treinamento desta quinta-feira, em Vargem Grande, o treinador chegou a escalar o meio-campo com quatro volantes, promovendo as voltas de Toró e Airton ao time titular. Nas laterais, Léo Moura e Juan também devem retomar suas posições.

AE, Agencia Estado

15 de outubro de 2009 | 20h30

Além da formação extremamente defensiva, com Petkovic e Bruno Mezenga no ataque, Andrade também teve que lidar novamente com a ausência do zagueiro Álvaro. Sentindo dores no joelho, o jogador apenas fez fisioterapia e treinou em separado do grupo. No lugar de Álvaro, o treinador escalou Welinton durante o coletivo, formando a zaga ao lado de Ronaldo Angelim.

O meio-campo de forte marcação armado por Andrade, porém, pôde ser visto apenas nos instantes finais do treino. Antes, a atividade foi fechada para a imprensa. Assim, quando os jornalistas puderam observar, o time tinha a seguinte formação: Bruno; Léo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Aírton, Maldonado, Toró e Willians; Petkovic e Bruno Mezenga.

Até domingo, principalmente o ataque deve ser modificado. Além da volta de Adriano da seleção brasileira, entrando no lugar de Bruno Mezenga, Zé Roberto também tem boas chances de formar dupla com o centroavante. Nesta quinta-feira, ele já treinou durante o início do coletivo ao lado de Petkovic, que deve mesmo ser o único responsável pela armação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.