Gilvan de Souza / Site Oficial Flamengo
Gilvan de Souza / Site Oficial Flamengo

Flamengo vai a Volta Redonda para confirmar a liderança do Grupo B da Taça Rio

Já classificado, rubro-negro enfrenta time que ainda sonha com vaga nas semifinais da Taça Rio

Estadao Conteudo

29 de março de 2017 | 07h46

Classificado para a semifinal da Taça Rio, o Flamengo entra em campo contra o Volta Redonda para tentar confirmar a primeira colocação no Grupo B, mas, para isso, precisará torcer também por um tropeço de três de seus rivais - Nova Iguaçu, Botafogo e Boavista. O duelo está marcado para esta quarta-feira, às 21h45, no estádio Raulino de Oliveira, pela quinta rodada.

Invicto na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, e dividindo as atenções com a Copa Libertadores da América, o Flamengo é dado como principal candidato para tirar o título estadual do Fluminense, campeão da Taça Guanabara, que é o primeiro turno. O time comandado por Zé Ricardo lidera o Grupo B com dez pontos, três na frente de Nova Iguaçu, Botafogo e Boa Vista.

O Volta Redonda, por sua vez, segue sonhando com a classificação. Ocupa a terceira colocação do Grupo C, com seis pontos, a um da Portuguesa e apenas a três do líder Fluminense. Uma vitória pode, inclusive, o colocar no G2.

BAIXAS - Zé Ricardo terá alguns desfalques. O zagueiro Rever, o meia Everton e o volante Márcio Araújo não foram relacionados, assim como Gabriel e Rômulo, machucados, e o meia Diego, Trauco e Guerrero, com suas respectivas seleções nacionais. Com isso, a grande novidade fica por conta de Léo Duarte no sistema defensivo.

"A motivação é sempre muito grande. Estou vivendo um sonho aqui no Flamengo e enquanto estiver vivendo esse sonho não temos outro discurso além de vencer, vencer e vencer. Fizemos um treino muito bom com o pessoal que vai jogar. A vontade de todos é por um resultado positivo", disse o treinador, em entrevista coletiva.

O Volta Redonda também terá alguns problemas. O lateral-direito Luiz Gustavo e o atacante David Batista estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, o técnico Felipe Surian deve promover a entrada de Henrique pelo lado de campo e de Fabiano no sistema ofensivo.

"Não existe motivação maior do que você jogar contra uma equipe grande, dentro de casa e com chance de classificar para a semifinal do campeonato", disse o atacante Pipico, resumindo o pensamento de todo o grupo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.