Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Flamengo vai homenagear Hamilton Mourão com título de sócio honorário

Vice-presidente da República do governo Bolsonaro já disse algumas vezes ser torcedor rubro-negro de coração

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2019 | 10h30

O Flamengo vai homenagear o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), com um título de sócio honorário nesta sexta-feira, no Rio. A decisão de conceder a honraria ao político do governo Bolsonaro foi definida pelo Conselho de grandes Beneméritos do clube.

General Hamilton Mourão é torcedor declarado do Flamengo. Em janeiro, por exemplo, o vice-presidente brincou na chegada ao Palácio do Planalto ao comentar sobre uma vitória do Rubro-Negro no Campeonato Carioca. Quando houve o incêndio no CT Ninho do Urubu, que vitimou dez garotos da base rubro-negra, o militar também se solidarizou com os familiares dos meninos.

Os jogos do Flamengo têm sido palco de constantes aparições dos governantes brasileiros. Palmeirense declarado, o presidente Jair Bolsonaro acompanhou ao lado do ministro Sérgio Moro a partida contra o CSA, no estádio Mane Garrincha, em Brasília. Ambos vestiram a camisa do clube carioca.

Na conquista da Copa Libertadores, no Estádio Monumental de Lima, no Peru, o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC), adversário político de Bolsonaro, pôde comemorar dentro de campo com os jogadores. A presença do ex-juiz federal até gerou uma cena curiosa, quando ele se ajoelhou aos pés de Gabigol, autor de dois gols contra o River Plate, e foi ignorado pelo atacante. Depois, ambos fizeram fotos juntos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.