Flamengo vence e afunda Paraná na zona de rebaixamento

Time da casa estreva técnico, mas não evita a vitória dos cariocas e seguem ameaçados de queda

Júlio César Lima, Especial para o Estadão

13 de outubro de 2007 | 20h23

Bruno e Fábio Luciano foram os grandes heróis do Flamengo neste sábado, em Curitiba: o goleiro pegou um pênalti, cobrando pelo artilheiro Josiel, e o zagueiro marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, que deixou o time bem longe da zona de rebaixamento e, com 43 pontos, dentro da zona de classificação para a Copa Sul-Americana. Com 34 pontos, o Paraná segue na 18.ª posição, cada vez mais próximo de jogar a Série B em 2008.Veja também: Classificação Últimos resultados / Próximos jogosA partida, que marcou a estréia do técnico Saulo de Freitas no comando do Paraná, teve um primeiro tempo fraco tecnicamente. As duas equipes faziam ligações diretas da defesa para o ataque, facilitando o trabalho dos zagueiros. O primeiro lance de perigo surgiu somente aos 43 minutos, quando Josiel escorou para Batista, na pequena área e o volante perdeu o gol. O Flamengo respondeu em seguida com uma cabeçada de Souza, que Flávio defendeu. PARANÁ0Flávio; Léo Matos, Nem     (Daniel Marques), Neguette e Paulo Rodrigues; Goiano    , Adriano    , Batista e Everton; Vinícius Pacheco     (Lima) e Josiel.Técnico: Saulo de Freitas FLAMENGO1Bruno; Léo Moura, Fábio Luciano    , Ronaldo Angelim     (Thiago Sales) e Juan; Rômulo    , Cristian, Ibson e Toró; Souza e Maxi (Léo Medeiros    )Técnico: Joel SantanaGols: Fábio Luciano, aos 18 minutos do segundo tempoÁrbitro: Alicio Pena Júnior (Fifa-MG)Renda: R$ 113.310,00Público: 10.606 pagantesEstádio: Durival de Britto, em Curitiba (PR)Os times voltaram melhor para a segunda etapa, com mais disposição em campo, o Paraná teve a chance de abrir o placar aos 10 minutos, quando Adriano sofreu falta de Léo Medeiros na grande área. Josiel cobrou mal e Bruno defendeu o pênalti.No minuto seguinte Adriano foi expulso por jogada violenta, e o Flamengo tomou conta do jogo. Aos 18, Juan cobrou falta na pequena área e Fábio Luciano aproveitou uma falha do goleiro Flávio para marcar o gol da vitória.Desesperado, o Paraná se lançou ao ataque de forma desordenada. O Flamengo manteve a posse de bola no campo de ataque e administrou o resultado, com toques laterais sem preocupação ofensiva. Após a partida, Josiel, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 18 gols, lamentou o gol perdido. "Infelizmente não consegui marcar, poderíamos ter saído com a vitória, mas agora não podemos desistir, vamos melhorar e levar o time às vitórias."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.