Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Flamengo supera o Grêmio e vai à semifinal da Copa do Brasil

Rubro-negro vai enfrentar o Corinthians após vencer o tricolor gaúcho no Maracanã, por 1 a 0

João Prata, Estadão Conteúdo

15 Agosto 2018 | 23h50

O Flamengo venceu o Grêmio por 1 a 0 nesta quarta-feira e garantiu vaga para a semifinal da Copa do Brasil. Em um jogo truncado e sem muitas chances de gol, o time rubro-negro encontrou seu gol logo no início da partida aproveitando um erro do setor defensivo adversário. Éverton Ribeiro mandou para as redes - o duelo de ida havia terminado empatado em 1 a 1.

Na próxima fase, a equipe carioca vai encarar o Corinthians, que bateu a Chapecoense por 1 a 0 também nesta quarta-feira, fora de casa, e garantiu vaga para a próxima fase. A outra semifinal terá o Cruzeiro, que eliminou o Santos nos pênaltis, e o vencedor do confronto entre Palmeiras e Bahia, que acontecerá nesta quinta-feira, no Pacaembu - o jogo de ida, em Salvador, terminou empatado sem gols.

FLAMENGO MARCA NO COMEÇO

O Flamengo aproveitou um vacilo da zaga do Grêmio logo aos 4 minutos. Cortez afastou mal a bola e Éverton Ribeiro aproveitou a sobra para mandar para as redes. À frente no marcador, o time rubro-negro recuou e deixou o rival com a posse de bola.

O Grêmio no entanto rodava de um lado para o outro, mas faltava alguém para mandar a bola para as redes. A melhor chance foi em cruzamento da direita de Léo Moura, que André desviou e Everton apareceu na segunda trave, em posição irregular, e mandou por cima da meta de Diego Alves.

Na sequência, Flamengo e Grêmio tentaram cavar pênaltis, mas o árbitro Ricardo Marques Ribeiro consultou o VAR nas duas jogadas e mandou o jogo seguir. Primeiro, Lucas Paquetá se jogou na área do adversário. Na sequência, Bruno Cortez foi tentar o drible e caiu. Nos acréscimos da primeira etapa, Vitinho chutou e Geromel cortou. Os torcedores reclamaram de mão na bola, o que não aconteceu.

No segundo tempo, o Grêmio seguiu com dificuldade para furar a retranca do Flamengo. O técnico Renato Gaúcho então decidiu mandar a campo Jael na vaga de André e depois o atacante Marinho no lugar do lateral Léo Moura, que deixou o campo sob vaias da torcida rubro-negra.

O Flamengo trocou Vitinho por Marlos e melhorou em campo. Em um rápido contra-ataque teve boa chance de ampliar. O próprio Marlos recebeu na área e bateu para defesa de Marcelo Grohe. No rebote, Paquetá tentou bater, mas Ramiro cortou. As equipes seguiram sem conseguir criar chances claras de gol e o resultado garantiu o time carioca na próxima fase da competição.

PRÓXIMOS JOGOS

Flamengo e Grêmio agora voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro. A equipe rubro-negra visitará o Atlético-PR no domingo, às 11h, na Arena da Baixada, na tentativa de assumir a liderança da competição - é o atual vice-líder, com 37 pontos, um a menos do que o São Paulo. O Grêmio jogará contra o Corinthians, fora de casa, no sábado, às 19h. A equipe tricolor está em quarto lugar, com 33 pontos.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 GRÊMIO

FLAMENGO - Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuellar (Willian Arão), Lucas Paquetá e Diego (Romulo); Éverton Ribeiro, Henrique Dourado e Vitinho (Marlos). Técnico: Maurício Barbieri.

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jaílson, Maicon (Alisson) e Ramiro; Luan, André (Jael) e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

GOL - Éverton Ribeiro, aos 4 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)

CARTÕES AMARELOS - Diego Alves, Renê e Diego (Flamengo); Maicon, Luan e Marinho (Grêmio).

PÚBLICO - 54.461 torcedores (50.803 pagantes).

RENDA - R$ 2.467.530,00.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.