Flamengo vence o Náutico e afasta de vez a ameaça de rebaixamento

Vitória por 1 a 0 nos Aflitos assegura o Rubro-negro na Série A de 2013

ANGELA LACERDA, O Estado de S. Paulo

11 de novembro de 2012 | 21h39

RECIFE - O Flamengo venceu o Náutico por 1 a 0 na noite deste domingo, pela 35.ª rodada do Brasileirão, nos Aflitos, em um jogo que se manteve equilibrado durante os 90 minutos. O gol foi de pênalti, batido por Renato Abreu, aos 36 minutos do segundo tempo, no canto direito do goleiro Felipe. A penalidade foi marcada porque, segundo o árbitro, o zagueiro Jean Rolt pegou Wellington Bruno pelo braço. O lance provocou protesto dos torcedores.

Com o resultado, o Flamengo se garantiu matematicamente na primeira divisão de 2013, com 47 pontos, abrindo 10 em relação ao Sport, que apenas empatou com o Figueirense. O Náutico, que se manteve com 45, ainda tem ameaça matemática.

No primeiro tempo, o Náutico fez mais tentativas ao gol e deu mais trabalho ao goleiro Paulo Victor, que teve duas grandes atuações. A primeira aos 10 minutos, numa jogada iniciada com Rogério, que escapou da marcação pela direita e cruzou na área para Rhayner complementar. A segunda, aos 21 minutos: Kieza tocou de cabeça frente a frente com Paulo Victor, que defendeu.

No segundo tempo, o Flamengo ameaçou marcar aos 9 minutos, com boa jogada de Felipe Dias que arrumou a bola para Hernane chutar rasteiro. Felipe pegou. Aos 17, o mesmo Hernane esteve cara a cara com o goleiro do Náutico, mas teve o chute impedido pelo zagueiro Alison.

NÁUTICO 0 X 1 FLAMENGO

NÁUTICO - Felipe; Patric, Alison, Jean Rolt e Douglas Santos (João Paulo); Josa, Dadá (Dimba), Souza e Rhayner; Kieza e Rogério (Araújo). Técnico - Alexandre Gallo.

FLAMENGO - Paulo Victor; Wellington Silva, Renato Santos, Marcos Gonzalez e Felipe Dias; Amaral, Ibson (Bottinelli), Renato Abreu e Cléber Santana (Wellington Bruno); Hernane e Vágner Love (Paulo Sérgio). Técnico - Dorival Júnior.

GOLS - Renato Abreu, de pênalti, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Felipe Dias e Dadá.

ÁRBITRO - Guilherme Ceretta de Lima (SP).

RENDA - R$ 406.175,00.

PÚBLICO - 19.252 pessoas.

LOCAL - Estádio dos Aflitos (Recife).

Tudo o que sabemos sobre:
NáuticoFlamengoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.