Flamengo vence Vasco e garante vaga

O Flamengo se e classificou à final do primeiro turno do Campeonato Carioca, Taça Guanabara, ao vencer o Vasco por 1 a 0, ontem, no Maracanã. O jogo não foi de bom nível técnico, mas o Flamengo demonstrou mais disposição e chegou à vitória em gol de Beto de cabeça, no segundo tempo. Agora, o rubronegro espera o vencedor do confronto entre Fluminense e Americano para decidir o título do turno.Superior tecnicamente, o Vasco foi melhor durante o início do primeiro tempo. Com uma forte marcação e raça, o Flamengo superou o fato de contar com uma equipe inferior. No segundo tempo a jogada que decidiu a partida aconteceu na esquerda, quando Cássio fez um cruzemento perfeito para Beto concluir de cabeça, aos 31 minutos. Esta é a quarta vitória seguida do Flamengo sobre o Vasco.No início do jogo o Vasco era melhor com tabelas de seus habilidosos atacantes. O meia Juninho Paulista perdeu duas boas chances de gol em chutes da entrada da área. Aproveitavam-se os homens de frente vascaínos da fragilidade da defesa rubro-negra, que não tinha uma proteção eficiente apesar dos três volantes. Em seu ataque, o Flamengo dependia das jogadas individuais de Edilson, o único lúcido em seu setor ofensivo. Primeiro, Edilson deu belo toque para Beto, que desperdiçou a melhor chance do primeiro tempo ao chutar em cima do goleiro. Depois, em arrancada pela esquerda, ele chutou rente à trave.Na segunda etapa, o Flamengo continuava sem qualidade, mas demonstrando maior disposição. Os vascaínos, por sua vez, pareciam displicentes. No início dessa etapa não houve nenhuma chance de gol significativa. Uma modificação de Zagallo e as duas expulsões mudaram o panorama da partida. Com Roma no lugar de Adriano, o ataque do Flamengo se tornou mais rápido e habilidoso. O Vasco ainda teve uma chance com Romário, mas Júlio César defendeu. Aos 31, Roma fez jogada pela esquerda, tocou para Cássio que cruzou na medida para Beto completar de cabeça e abrir o placar. Em partida pouco inspirada, o gol foi decisivo para determinar quem se classificaria para a final. O Vasco ainda tentou reagir, mas em sua única chance de gol Júlio César fez bela defesa em chute de Juninho Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.