Flamenguistas ameaçam fazer greve

Os jogadores do Flamengo se recusaram a treinar, na manhã desta quarta-feira, e ameaçaram fazer uma greve, por causa dos salários atrasados. Para tentar resolver a situação constrangedora, o superintendente de futebol, Walter Srour Oaquim, se reuniu com os atletas, à tarde, e prometeu pagar parte das dívidas em até uma semana. "Temos que ver o lado da gente. Tem jogadores que estão tranqüilos, mas outros estão precisando", disse o meia Beto. O atleta reconheceu que todos decidiram pela paralisação e reafirmou sua confiança na resolução dos problemas. O atraso nos pagamentos do clube é de cerca de cinco meses para direitos de imagem e três meses para salários.O técnico Zagallo voltou a pedir à diretoria do Flamengo a contratação de novos jogadores para reforçar o elenco. Estava prevista para a noite desta quarta-feira a reunião entre o treinador e os dirigentes para a negociação sobre a renovação de seu contrato.

Agencia Estado,

06 de junho de 2001 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.