Flamenguistas presos com escopeta

O jogo desta tarde no Parque Atártica entre Palmeiras e Flamengo deu muito trabalho para a Polícia Militar. Bem antes da partida, a PM descobriu dois revolveres, calibre 38, e uma escopeta, calibre 12, durante a vistoria nos ônibus da torcida do Flamengo. Depois, com 20 minutos de jogo, dois ônibus da torcida do time carioca, que chegou atrasada ao Palestra Itália, errou a entrada do estádio, e deu de encontro com torcedores do Palmeiras, que estavam do lado de fora. O confronto foi inevitável. Houve um corre-corre entre os torcedores palmeirenses que estavam nas arquibancadas tentando sair do estádio para participar da briga. A PM teve que agir com rigor, utilizando bombas de efeito moral, e usou o cassetete à vontade para dominar a situação. Um torcedor ficou ferido e alguns foram detidos.

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2002 | 20h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.