Sven Hoppe / Reuters
Sven Hoppe / Reuters

Flick contraria presidente do Bayern e pede volta de Boateng à seleção alemã

Uli Hoeness havia apoiado volta de Müller ao time da Alemanha, mas não do zagueiro

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2021 | 19h30

O técnico do Bayern de Munique, Hansi Flick, defendeu que o zagueiro Jérôme Boateng deveria voltar à seleção alemã, contrariando opinião recente dada pelo presidente honorário do clube, Uli Hoeness. Para o dirigente, Müller e Hummels devem ser convocados por Joachim Löw, mas não o defensor de 32 anos.

“Esta é a opinião dele”, disse Flick, quando perguntado a respeito durante entrevista coletiva. “Eu sei o quanto o Bayern de Munique apoia os seus jogadores. Ele teve uma incrível melhora em uma situação difícil, que ele viveu, sem dúvidas. Ele trabalhou duro para voltar ao seu nível. Jérôme está de volta à sua melhor forma e jogou de forma excepcional nos últimos jogos”, elogiou o técnico do Bayern.

“Ele também foi uma garantia que nós conquistássemos a tríplice coroa. Eu sou muito grato a ele. Ele é um jogador que pode fazer bem a qualquer time. Em última análise, a decisão é de Joachim Löw, ele é responsável por isso”, enfatizou Flick.

Boateng foi um dos jogadores que deixou de ser convocado após o fiasco da Alemanha na Copa do Mundo de 2018. Alguns dos atletas que participaram da conquista da Copa de 2014 'foram aposentados' compulsoriamente do time, como Müller e Özil, em uma tentativa de Joachim Löw de renovar a seleção.

“Boateng eu não levaria neste momento, nós temos o suficiente por lá, especialmente se Mats Hummels ainda está por perto. Eu gostei de Antonio Rüdiger, por exemplo. Eu não posso falar mais frequentemente que penso que Thomas Müller, por exemplo, deveria estar lá. Ele é alguém que sempre fica bem posicionado na área adversária e leva o time à frente. Você sempre pode usá-lo”, havia afirmado Hoeness.

Contudo, com a derrota da Alemanha em casa para a Macedônia do Norte nas Eliminatórias da Copa, questionamentos sobre o trabalho de Löw ressurgiram e muitos dos aposentados voltaram a ser pedidos pelos torcedores nas redes sociais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.