Flu adia festa e encara Palmeiras

O Fluminense completa 100 anos neste domingo e, a princípio, faria uma partida festiva contra o Toluca (México). Com as confusões do calendário do futebol brasileiro, o Tricolor teve que adiar este o amistoso para enfrentar o Palmeiras, pela semifinal da Copa dos Campeões, às 16 horas, no Estádio Albertão, em Teresina.O técnico do Fluminense, Robertinho, manteve a mesma equipe que derrotou o Corinthians, por 1 a 0, na última rodada da primeira fase da competição. O treinador deu ênfase às cobranças de pênaltis e às jogadas que começam com o meia Arce que, com a chegada do lateral-direito Leonardo, foi escalado no meio-de-campo.O zagueiro Régis tem a mesma opinião de Robertinho. "Precisamos ter cuidado com o Arce, que tem um ótimo aproveitamento nas bolas paradas", afirmou o jogador. Para o goleiro Murilo, o fato de ainda não ter sofrido gols na competição não é o mais importante. "Não sofrer gols é muito bom, mas o importante mesmo é conseguir vencer, nem que seja por 2 a 1 ou 3 a 2", afirmou Murilo. "Não dá para pensar em ficar invicto contra o Palmeiras. Será um jogo muito difícil."A partida é especial para o volante Fabinho, que completa 100 jogos com a camisa tricolor. "Fico muito alegre e me sinto privilegiado em poder atuar nesta partida", afirmou o atleta. "É uma feliz coincidência e espero conseguir a vitória em uma data tão importante."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.