Flu aposta em retrospecto contra o Inter

Ao lado do São Paulo, o Fluminense ainda não perdeu em casa neste Campeonato Brasileiro. A equipe carioca aposta nesse retrospecto para derrotar o Internacional amanhã, às 20h30, no Maracanã. O Tricolor ocupa a 14ª posição na tabela de classificação do Nacional, com 36 pontos (uma colocação à frente do adversário), e necessita obter mais um triunfo diante de sua torcida para não se desfazer do sonho de alcançar os líderes. O único desfalque do Fluminense para o jogo de amanhã é do atacante Romário, que iniciou hoje um trabalho de recondicionamento físico. O artilheiro somente deve voltar a atuar no clássico contra o Flamengo, no dia 12 de setembro. O lateral-direito Leonardo Moura e o zagueiro Antônio Carlos se recuperaram de dores musculares e vão jogar. As boas notícias para o técnico Alexandre Gama ficaram por conta do retorno do meia Roger e do lateral-esquerdo Júnior César, que cumpriram suspensão no empate com o Vasco, por 1 a 1. Com isso, Juan e Arouca vão ficar no banco de reservas. A única dúvida do treinador reside no meio-de-campo. Ele ainda não escolheu quem vão ser os dois volantes do time. Diego, Juca e Marciel disputam as vagas. A tendência é que os dois primeiros iniciem a partida. Após o coletivo de hoje, realizado nas Laranjeiras, o treinador não escondeu a satisfação de poder contar com o meia Roger. Para ele, a presença do atleta em campo aumenta o otimismo de torcedores, dirigentes e da comissão técnica em uma boa atuação da equipe. "A qualidade técnica dele é inquestionável. Além disso, a função que desempenha em campo é importante para a equipe", afirmou Gama, prevendo que o Internacional vai adotar o contra-ataque como principal arma de ataque.

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 19h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.