Flu busca empate com Corinthians, mas não vira líder

Os tropeços do Atlético-MG são raros e, por isso, são raras as chances de outro time pular para a ponta do Brasileirão. O Fluminense finalmente teve a oportunidade nesta quarta-feira. Bastava vencer o Corinthians, no Engenhão, para assumir a primeira posição. Mas o time carioca jogou pouco e apenas empatou em 1 a 1 em jogo válido pela 20.ª rodada.

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Agência Estado

30 de agosto de 2012 | 00h06

Emerson fez, no primeiro tempo, o gol da vitória do Corinthians, que chegou a 25 pontos, ocupando o 12.º lugar. Já o Fluminense marcou com Fred, a oito minutos do fim, e foi a 43 pontos, em segundo, ainda a um ponto do Atlético-MG. Na próxima rodada, o time do técnico Tite pega o líder no Pacaembu, enquanto o Flu visita o lanterna Figueirense.

O JOGO - Se no primeiro turno o jogo nem parecia Corinthians x Fluminense, com os dois times usando times reservas, desta vez os uniformes é que fugiam do comum. O time carioca jogava de grená. O paulista, com uma inédita camisa prateada.

Dentro de campo, nada diferente do habitual. O Fluminense sem Deco, machucado, e o Corinthians fechado atrás, jogando na base do contra-ataque. Esperava-se mais dos dois times, porém. Foram poucas as oportunidades de gol no primeiro tempo, com destaque para um lance em que Bruno tocou de cabeça para Wellington Nem, o atacante recebeu livre, bateu cruzado, e Cássio pegou.

O gol saiu aos 36 minutos, no velho estilo corintiano. Ralf roubou a bola de Wagner, avançou com ela e tocou para Emerson, que ultrapassava pela esquerda. O atacante recebeu, bateu cruzado, a bola desviou o zaga e enganou Cavalieri, indo parar no fundo do gol.

O Flu fez pouco para melhorar na segunda etapa. Wagner continuou criando pouco e Thiago Neves não conseguia dar ritmo de jogo ao time, parando na barreira formada na área alvinegra. Tanto que o primeiro lance de perigo real foi aos 26 minutos, quando Fred cabeceou e Cássio pegou.

À medida em que o fim do jogo se aproximava, o Flu se lançava mais ao ataque e as bolas, consequentemente, chegavam mais ao então sumido Fred. Num lance aos 33, ele mandou por cima do gol. Mas, quatro minutos depois, veio o gol. Thiago Neves levantou na área e Fred se antecipou a Cássio para marcar. Edenilson, que entrara no lugar de Emerson, vacilou no lance, não participou da linha de impedimento, e deu condição de jogo ao atacante, que fez seu décimo gol no Brasileirão, assumindo a artilharia isolada.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 1 X 1 CORINTHIANS

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Gum (Rafael Sóbis), Leandro Euzébio e Carlinhos; Jean, Edinho, Wagner (Michael) e Thiago Neves; Wellington Nem e Fred. Técnico - Abel Braga.

CORINTHIANS - Cássio; Alessandro, Chicão, Wallace e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas (Guilherme) e Danilo; Romarinho (Giovanni) e Emerson (Edenilson). Técnico - Tite.

GOLS - Emerson, aos 36 minutos do primeiro tempo. Fred, aos 37 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (Fifa-PE).

CARTÕES AMARELOS - Gum, Thiago Neves, Fred, Ralf e Fábio Santos.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.