Flu é humilhado pelo Friburguense

Com três atletas expulsos, o Fluminense, que teve quatro jogadores convocados pelo técnico da seleção Emerson Leão, foi humilhado pelo Friburguense, que aplicou uma goleada de 5 a 2, neste sábado, em Nova Friburgo, na última rodada do segundo turno do Campeonato Carioca. A partida foi um retrato da campanha melancólica do Tricolor no primeiro semestre, em que o time foi desclassificado da Copa do Brasil e do estadual. No início da próxima semana, a diretoria deve anunciar a contratação do técnico Oswaldo de Oliveira para substituir Valdir Espinosa, demitido na quinta-feira.O Friburguense começou arrasador e abriu três de vantagem em apenas 23 minutos. Aos 8m, Darci aproveitou uma bola que sobrou na área e chutou forte para fazer o primeiro gol. Sete minutos depois, Eduardo, em belo voleio de direita, marcou o segundo. Aos 23m, Eduardo, ex-jogador do Fluminense, aumentou em chute de longa distância.Revoltados, dois torcedores tricolores invadiram o campo e tiveram de ser contidos por policiais. Aos 32m, Válbson diminuiu, aproveitando confusão na área. Ainda no primeiro tempo, o zagueiro César foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo.Com um jogador a menos, o Fluminense foi pressionado durante a segunda etapa inteira, mas o time conseguiu descontar em um pênalti cobrado por Flávio, aos 10m. Três minutos depois, no entanto, Erlon Joe cobrou falta com força e precisão e marcou o quarto do time do interior. Logo depois, o colombiano Viveros foi expulso, complicando ainda mais a situação do Tricolor.Sem dificuldades, o Friburguense marcou mais uma vez, com Erlon Joe de cabeça, aos 34. O mesmo Erlon Joe desperdiçou a chance de estabelecer um placar histórico, ao perder um pênalti defendido por Nei. Sem equilíbrio emocional, o volante Roberto Brum deu entrada violenta em Braga e também foi expulso, deixando o Fluminense com três a menos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.