Flu encara Guarani e torce pelo Flamengo

Em crise, o Fluminense viajou para Campinas onde enfrenta neste sábado o Guarani, às 16 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pelo Campeonato Brasileiro. Após a goleada sofrida para o Goiás, na última rodada, alguns jogadores teriam sido vistos em uma boate. Na quarta, com a vitória do Paysandu sobre o Fortaleza, o Tricolor voltou para a zona de rebaixamento. Para completar, na quinta-feira, o atacante Romário discutiu com seu preparador-físico Armando Marcial. Para o técnico Renato Gaúcho, é preciso esquecer estes problemas e pensar apenas nos jogos que restam no Brasileiro. "Faltam dez. E cada partida será como uma final de Copa do Mundo. O Fluminense tem que sair desta situação desconfortável", afirmou o treinador. "Tenho plena certeza que temos totais condições de deixar a zona de rebaixamento nesta rodada." Mas o Fluminense não depende de si próprio para sair da incômoda posição. Paysandu, Bahia, Juventude ou Fortaleza precisam tropeçar e, assim, colaborar com o time carioca. E o desespero é tanto que Renato não escondeu seu desejo de ver um rival tricolor vencer sua partida. "Claro que vou torcer pelo Flamengo e acho que todos no clube deveriam fazer o mesmo", disse. O Rubro-Negro vai enfrentar o Paysandu. A única dúvida de Renato é sobre o companheiro de Romário no ataque. Ele só vai definir no vestiário se Marcelo entrará na equipe ou se Joãozinho será mantido. O treinador optou pela volta do esquema com três zagueiros e confirmou o retorno do goleiro Kléber, recuperado de contusão. No meio-de-campo, o jovem Esquerdinha substitui Carlos Alberto, suspenso. Dispensa - O vice-presidente de Futebol do Fluminense, Francisco Vasconcellos revelou nesta sexta-feira que o atacante Josafá será devolvido ao Madureira. O jogador está machucado e não vem treinando. Ele nem sequer aparece no clube para realizar o trabalho de fisioterapia, previsto pelos médicos. "Não aceito mais desculpas dele", disse o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.