Flu ganha de virada e acaba com jejum

O Fluminense acabou com a seqüência de cinco jogos sem vitória, ao superar o Vasco nesta quinta-feira, de virada, por 3 a 2, em Volta Redonda (RJ). O meia Felipe, que voltou a atuar depois de cinco meses afastado dos gramados, foi um dos destaques da equipe tricolor. Mesmo fora de ritmo, aplicou dribles desconcertantes e teve participação decisiva em dois gols. Felipe deu passe sob medida para o atacante Beto igualar o placar em 2 a 2 e, depois, ele cobrou falta, que resultou num belo chute do zagueiro estreante Milton do Ó, no ângulo esquerdo do goleiro Roberto. Com o triunfo, o Fluminense tem 28 pontos, seis a menos que o líder Corinthians. Já o Vasco, permanece com 15, na zona de rebaixamento.O início de jogo não poderia ter sido melhor para o Vasco. Logo aos seis minutos, fez o primeiro gol da partida. Alex Dias deu um passe primoroso para Romário, que, mesmo marcado por dois zagueiros, dominou a bola e, na saída do goleiro Kléber, finalizou com categoria.A partir daí, a equipe cruzmaltina se encolheu e cedeu espaço para o Fluminense, que levou o técnico Abel Braga à loucura por causa de alguns erros de passes e conclusões. "Como a gente pode perder para esse time", desabafou o treinador.Na base da insistência, o Fluminense empatou aos 36 minutos. Num lance confuso na área vascaína, a bola sobrou para o atacante Tuta, que não desperdiçou. Na comemoração, Abel Braga levou as mãos ao céu, como se dissesse: "até que enfim".A exemplo da primeira etapa, o Vasco voltou a ficar em vantagem no marcador com menos de 10 minutos do segundo tempo: o lateral-esquerdo Diego balançou a rede adversária depois de um erro grosseiro do lateral-direito Gabriel. Mas o Fluminense não se abateu e conseguiu a virada com gols do atacante Beto e do zagueiro Milton do Ó.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.