Flu joga pelo empate no Parque

Conquistar a vaga na Copa Libertadores da América para coroar a boa campanha no Campeonato Brasileiro é o objetivo do Fluminense, neste domingo, ante o Palmeiras, às 16 horas, no Palestra Itália. O temor de enfrentar o time paulista em seu campo não existe e a vantagem do empate é um dos trunfos da equipe carioca para assegurar um lugar na competição continental, já que está em quarto lugar na tabela de classificação, com 68 pontos, e os paulistas vêm a seguir, com 67.O fato de o Fluminense ter colecionado uma seqüência de quatro derrotas no Nacional é outro fato que vem estimulando os atletas. Para eles, o time precisa aproveitar a última rodada do Brasileiro para apagar a má impressão deixada nas últimas partidas.O técnico do Fluminense, Abel Braga, apesar da pressão dos últimos dias, conseguiu manter o controle. Após as derrotas para Vasco, Atlético-MG, Fortaleza e Juventude, o treinador passou de herói, quando time disputava a liderança do Brasileiro a vilão, já que agora pode perder a oportunidade de participar da Libertadores, um feito considerado certo pelos torcedores há um mês.Para enfrentar o Palmeiras, Abel Braga optou por entrar na "brincadeira" do técnico rival Emerson Leão e também fez mistério sobre a escalação do time. Mas, a tendência é a de que o time carioca atue na formação tática 4-3-3.Abel Braga já utilizou a armação com três atacantes em outros confrontos e, ao saber que o Palmeiras poderá usar menos um volante em seu meio-de-campo, também deverá adotá-la. Com isso, Rodrigo Tiuí se juntará a Tuta e Beto no setor ofensivo do Fluminense. Se preferir não modificar o time, Romeu permanecerá entre os titulares."Existe essa possibilidade, mas ainda não sei. Se jogar com três atacantes, vou com Beto, Tuta e Rodrigo Tiuí. O Palmeiras alterou a sua formação e vai somente com um volante", disse o técnico do Fluminense, festejando o retorno do capitão e volante, Marcão, que cumpriu suspensão. "Sei que seremos ofensivos como sempre fomos. É a última partida e precisamos nos classificar para a Libertadores".E, se o Fluminense está há quatro partidas sem vencer no Brasileiro, o atacante Tuta está há cinco jogos sem marcar gols. O atleta, vice-artilheiro do time na competição, com 15 gols, afirmou que deseja quebrar o jejum. "Espero marcar contra o Palmeiras. Fui muito bem recebido nas Laranjeiras. Estou feliz e querendo continuar no próximo ano", contou Tuta.Mas, no que depender dos números, o Fluminense terá dificuldades para derrotar o Palmeiras. Afinal, em 71 jogos, o time carioca foi derrotado por 39 vezes, ganhou 21 e empatou 11. Foram 125 gols contra e 101 a favor.

Agencia Estado,

04 de dezembro de 2005 | 09h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.