Flu não se arrepende dos investimentos

Com a perda do título da Taça Guanabara, o Fluminense vai viver uma semana de cobranças até a estréia no segundo turno do Campeonato Carioca, domingo, no clássico com o Botafogo. O vice-presidente de Futebol e também presidente do patrocinador do clube, Celso Barros, diz não se arrepender dos investimentos feitos, garantindo que a marca ganhou mais visibilidade. Porém, fará cobrança aos jogadores. "Futebol é resultado. Se vencermos a Taça Rio, vamos enfrentar o Flamengo mais uma vez. E ainda poderemos nos encontrar na Copa do Brasil. E vamos ter de vencer", afirmou o dirigente. Além das cobranças, o Fluminense continua convivendo com problemas de contusão. O meia Roger, com estiramento muscular, deve ficar ausente do time por 15 dias. Já o volante Marcão, com uma contusão no punho direito, só volta em dois meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.