Flu pega Atlético-PR e ainda sonha

A nove rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o Fluminense tem onze pontos a menos que o líder Corinthians, e a conquista do título virou utopia. Embora o discurso nas Laranjeiras seja de lutar pelo troféu até o último jogo, a meta mais real nesta competição é disputar uma vaga na Taça Libertadores da América - classificam-se os quatro primeiros colocados. O time tricolor precisa derrotar o embalado Atlético-PR, às 20h30, em Volta Redonda, para manter seu planejamento sob controle. ?O Fluminense está distante do primeiro colocado, mas ainda acredita no título. Ainda podemos conquistar 27 pontos. A esperança sempre existe?, declarou Tuta, artilheiro da equipe em 2005, com 29 gols. O goleiro Kléber tem opinião um pouco diferente. ?Alcançar o Corinthians é um sonho bem difícil. A Libertadores está mais próxima da gente?. Eles concordam, porém, que o tropeço contra o Brasiliense, na última rodada, surpreendeu a todos no clube e que amanhã é o dia da reabilitação. ?Já vencemos jogos praticamente impossíveis e, por isso, acredito no Fluminense?, disse Tuta, ressaltando que o Atlético-PR pela qualidade de seu elenco e pela força de sua camisa merece respeito. ?É um grande time, sempre difícil de ser batido?. O técnico Abel Braga terá o desfalque do volante Marcão, suspenso, e do atacante Lenny, machucado. No lugar do primeiro, ele deve escolher Preto Casagrande, mas Radamés também pode ser aproveitado. No ataque, Rodrigo Tiuí atuará ao lado de Tuta.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2005 | 09h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.